24 de Fevereiro de 2020
17º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Spotify lança playlists para pets e veterinária explica como música pode ajudar seu animal

Ferramenta é direcionada para cachorro, gato, pássaro, iguana e hamster

Divulgação


O Spotify lançou recentemente uma grande novidade para os pets. Uma das maiores plataformas de streaming do mundo divulgou essa ferramenta, que permite que os usuários criem playlists para seus bichinhos de estimação.

A plataforma Spotify for Pets faz uma lista de músicas de acordo com as características do seu pet e suporta cinco espécies: cachorro, gato, pássaro, iguana e hamster.

Como funciona

Para criar uma playlist personalizada, o tutor do bichinho deverá responder algumas perguntas sobre o comportamento dele. Por exemplo: se seu gato é ativo e gosta de brincar bastante, o aplicativo irá selecionar músicas mais animadas. Já se ele gosta de ficar deitado, as músicas darão o clima de sossego para ele curtir.

É o algoritmo do Spotify que irá fazer a seleção, mas ela também será influenciada pelas músicas que o tutor já ouve. Assim, os dois podem curtir juntos.

Divulgação - Spotify for Pets faz uma lista de músicas de acordo com as características do seu pet e suporta cinco espécies: cachorro, gato, pássaro, iguana e hamster
Spotify for Pets faz uma lista de músicas de acordo com as características do seu pet e suporta cinco espécies: cachorro, gato, pássaro, iguana e hamster


Além disso, o aplicativo também permite personalizar a playlist com o nome do pet e uma foto dele, além de reunir cerca de 30 músicas.

Os estilos são os mais diversos, como rock e reggae. Para elaborar o projeto, o Spotify ouviu cerca de 5 mil tutores em pesquisas realizadas nos Estados Unidos, Austrália, Reino Unido, Espanha e Itália.

Até o momento, a ferramenta não foi disponibilizada em português, mas dá para utilizá-la no Brasil. Para começar sua playlist, acesse o site https://pets.byspotify.com/us/, clique em "Let’s Go", faça o login e siga as instruções.

Benefícios

Segundo a médica veterinária Josiane Silva Camargo Dalevedo (CRMV SP 22811), da Vitrine Animal, a música proporciona benefícios para a saúde e a tranquilidade dos pets.

Divulgação - É o algoritmo do Spotify que irá fazer a seleção, mas ela também será influenciada pelas músicas que o tutor já ouve
É o algoritmo do Spotify que irá fazer a seleção, mas ela também será influenciada pelas músicas que o tutor já ouve


"Nós temos acompanhado uma crescente do uso das músicas como uma terapia complementar aos tratamentos, inclusive durante o período de internações dos animais. Essa ainda é uma prática que está sendo experimentada, mas já vemos resultados positivos no comportamento dos pets. Inclusive pessoas que viajam com seus bichinhos, podem colocar a playlist para que eles fiquem mais calmos durante o trajeto, por exemplo", afirma.

De acordo com a veterinária, a inteligência de um cachorro pode ser comparada à de uma criança de dois anos, o que é bastante!

"Essa inteligência aguçada dos animais faz com que eles tenham plena capacidade de responderem aos estímulos. Hoje temos vivido um movimento de humanização dos pets, que é de levar até eles práticas de nós, seres humanos, mas que podem ajudá-los a terem mais qualidade de vida e bem estar. A música certamente é um desses elementos e pode ser usada de forma constante. Afinal, o mesmo vínculo que temos com as canções podem ser sentidas pelos animais e isso só tem a agregar", finaliza.

Divulgação - Segundo veterinária, há uma crescente no uso das músicas como terapia complementar aos tratamentos, inclusive durante o período de internações dos animais
Segundo veterinária, há uma crescente no uso das músicas como terapia complementar aos tratamentos, inclusive durante o período de internações dos animais


Redação AssisCity/ Foto: Ilustrativa
+ VEJA TAMBÉM