30 de Junho de 2022
20º/30º
Entretenimento - Blog

Confira cinco dicas para cuidar dos cães de pelagem longa

Com os cuidados corretos é possível evitar doenças e outros problemas

A saúde do seu amigo de quatro patas pode ser refletida através dos pelos. É o que afirmam especialistas, que dizem ser possível identificar problemas na alimentação e de pele apenas observando-os. Segundo Thiago Calixto, um dos fundadores da Doggi, primeira rede de franquias especializada em banho e tosa do Brasil por aplicativo, o animal pode apresentar problemas de pele, queda nos pelos e até infecções se estes não forem bem tratados.

Se o comprimento da pelagem for longa, é preciso ter ainda mais atenção, já que há diferenças que precisam ser consideradas na hora de cuidar da saúde do animal e a falta de cuidados pode gerar situações graves e de difícil tratamento. Para ajudar os tutores, Calixto compilou algumas dicas com os principais pontos de atenção para este tipo de pelagem, que costuma dar muito mais trabalho do que a pelagem curta.

Hora do banho

É, sem dúvida, um dos momentos mais importantes e que exige atenção. Ao molhar os pelos, é preciso estar atento às orelhas, uma vez que os pelos molhados podem transportar água para dentro dos ouvidos. Além de causar incômodo, o líquido pode desencadear inflamações conhecidas como otites. A dica é, ao lavar a região da cabeça, tampar muito bem as orelhas com algodão hidrofóbico, que repele a água, evitando assim a passagem de água. É normal também ocorrer queda de alguns pelos, porém, se em grande quantidade, podem exigir a ida a um veterinário a fim de identificar com maior precisão o motivo do problema.

Secagem

Outro ponto de atenção importante - já que não se pode deixar nenhuma região úmida - é com o risco de provocar dermatite, queimaduras e outros problemas de pele. "É comum as pessoas pensarem que apenas a secagem com uma toalha é suficiente, mas não é. O ideal é utilizar um secador que garante a secagem correta de todas as partes do corpo, como dobras e patinhas, por exemplo, que costumam ser negligenciadas", revela Calixto. Caso não seja possível usar um secador, o recomendado é deixar o cachorro tomar sol por um curto período. Mas vale ficar atento ao clima caso esteja quente o suficiente para fazer mal ao animal.

Escovação

Se nos cachorros de pelo curto não há tanta necessidade, os de pelos longos precisam de atenção redobrada neste quesito. Aliás, o ideal é que ela se torne um hábito diário para evitar a formação de "nós" da pelagem, que pode facilitar a proliferação de pulgas, carrapatos e infecções. Por isso, transforme a escovação em uma rotina e escolha o melhor tipo de escova de acordo com as indicações e necessidades de cada raça.

Tosa

Também diferentemente dos cachorros de pelo curto, a tosa deve ser feita tendo como parâmetro questões de higiene e saúde, uma vez que os pelos mais longos podem atrapalhar a visão, o olfato, as necessidades fisiológicas e os momentos de brincadeiras. "É muito importante que a tosa seja feita por um profissional, com equipamento e conhecimento técnico específico para não machucar o animal", afirma o sócio da Doggi.

Atenção redobrada no Verão

Nos dias com altas temperaturas, comuns durante o verão brasileiro, é natural que os tutores façam mais passeios com seus cachorros e passem mais tempo em praças, praias e parques. Mas atenção, pois cachorros de pelo longo costumam sofrer mais com o excesso de calor, caso seja feita tosa na máquina o cão irá sentir muito calor e o importante é que o tutor entenda que o pelo é um isolante térmico que evita que o animal perca ou receba calor em excesso. Por isso, é importante estar atento à necessidade de consumir mais água e de fazer algumas pausas durante as brincadeiras.

Família procura por cachorrinha desaparecida

A cachorrinha atende pelo nome de Lilibeth

Logo pela manhã, deste domingo 07 de fevereiro, desapareceu uma cachorrinha de uma chácara próxima ao Tênis clube de Assis.

A tutora pede ajuda para encontra-la e afirma ter uma criança sentindo a falta dela. A cachorrinha atende pelo nome de Lilibeth e estava toda suja de barro quando sumiu.

Segundo informações de alguns vizinhos, ela foi vista com um casal, mas até o momento não se sabe quem é.

Divulgação - A cachorrinha estava suja de barro quando desapareceu
A cachorrinha estava suja de barro quando desapareceu


Para qualquer informação ou notícia sobre o paradeiro de Lilibeth, entrar em contato com Damares, pelo telefone: (18) 981816261.

Família busca por gato desaparecido na Vila Palhares

Tutora acredita que ele não pode ter ido muito longe

Desapareceu há dois dias, um gato siamês macho, na região da Vila Palhares próximo à escola Carolina Burali.

A Tutora Jenifer pede ajuda e informações sobre o seu paradeiro e acredita que ele não pode ter ido muito longe, temendo que o gatinho esteja machucado.

"Ele é arisco com cachorro mas é bem mansinho com pessoas", comentou.

Divulgação - O gatinho desapareceu na região da Vila Palhares próximo à escola Carolina Burali.
O gatinho desapareceu na região da Vila Palhares próximo à escola Carolina Burali.


Qualquer informação sobre o paradeiro do gatinho, entrar em contato pelo telefone: (18 997941437) e falar com Helena.
Cheff Daniel Alves

Aprenda a fazer uma deliciosa receita com massa de batata

Blog do Cheff Daniel Alves

Um alimento versátil e barato, a batata é o quarto alimento mais consumido no mundo.

Com a batata, podemos criar deliciosas receitas que agrada aos variados paladares.

O Cheff Daniel Alves ensina você a fazer uma deliciosa receita com massa de batata.

Ingredientes:

- 4 batatas médias
- 1/2 xícara óleo
- 2 xícara de leite
- 4 ovos
- 2 sachês fermento de pão
- 1 pitada de açúcar
- Sal à gosto
- Farinha de trigo, o quanto basta.

Modo de fazer:

Cozinhar a batata, amassar, deixar esfriar. Em uma vasilha grande, misturar o óleo, o leite, os ovos, o fermento e o Sal. Acrescente a batata, mexa e deixe homogêneo.

Aos poucos, vá misturando a farinha, até formar uma massa maleável.

Cubra e descanse por uns 30 minutos.

Forte a assadeira com parte da massa, recheie com o recheio de sua preferência, cubra com restante da massa, pincele com gema e leve ao forno, já pra aquecido.

Assa em 30 a 40 minutos.

Tutora busca por cachorro desaparecido na Vila Xavier

Juliana Holmo pede para que qualquer informação seja passada pelo (18) 99753-4276

A tutora Juliana Holmo está em busca de seu cachorro Thor que desapareceu na Vila Xavier em Assis.

Segundo Juliana ele está passando por tratamento médico e não pode ficar na rua.

A tutora pede que qualquer informação sobre o animal seja passada pelo número (18) 99753-4276.
Divulgação - Cachorro desapareceu na proximidades da Vila Xavier - Foto: Divulgação
Cachorro desapareceu na proximidades da Vila Xavier - Foto: Divulgação

Tutores buscam por gatinho desaparecido no Centro de Assis

Téo foi visto pela última vez nas proximidades da Catedral

A tutora Dulce Gomes está em busca de seu gatinho Téo, desaparecido no dia 19 de janeiro, no Centro de Assis.

"Ele é muito dócil e nunca tinha saído de dentro de casa, ele sumiu no período da noite e estamos desesperados. Só peço que o Téo volte pra casa, e que as pessoas possam me ajudar a encontra-lo", desabafou Dulce.

Para qualquer informação sobre Téo, basta entrar em contato pelo número (18) 99705-9099.
Divulgação - Téo está desaparecido desde o dia 19 de janeiro - Foto: Divulgação
Téo está desaparecido desde o dia 19 de janeiro - Foto: Divulgação

Cheff Daniel Alves

Aprenda a fazer um delicioso rocambole de carne moída

Blog do Cheff Daniel Alves

Hoje, o Cheff Daniel Alves vai ensinar você a fazer um delicioso rocambole de carne moída.

Ingredientes:

- 700 gramas de carne moída (A carne pode ser patinho, acém, ponta de peito ou outra de sua preferência)
- 150 gramas de presunto
- 150 gramas de mussarela
- 1 ovo
- 1 cebola média ralada
- 2 dentes de alho picadinhos
- 1 tomate picadinho
- 3 colheres (sopa) creme de cebola
- Salsa e cebolinha picada a gosto
- Sal à gosto.
- 3 colheres (de sopa) farinha de rosca, opcional.

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes, menos o queijo e o presunto. Amasse bem.

Em um plástico ou papel laminado retangular coloque a mistura e espalhe, formando um retângulo, não muito grosso.

Distribua as fatias de mussarela e presunto, enrole formando um rocambole.

Coloque em uma forma, cubra com papel alumínio.

Forno 180°, assa em 30 minutos.

Variação: Com esta mistura, faça deliciosos hambúrgueres.

Família busca por égua desparecida em área rural de Assis

Boneca tem a pelagem marrom e recém domada

A família da égua Boneca está há mais de 10 dias sofrendo com o seu desaparecimento na área rural de Assis.

Segundo Rose, desde o dia 10 de janeiro o animal está desaparecido de sua propriedade, localizada próximo ao Motel Patropi, e até o momento ainda não há encontraram.

Divulgação - Boneca está desaparecida desde o dia 10 de janeiro - Foto: Divulgação
Boneca está desaparecida desde o dia 10 de janeiro - Foto: Divulgação


Boneca tem a pelagem marrom e é recém domada.

Para qualquer informação sobre o paradeiro da égua basta entrar em contato com os números (18) 99646-9562 ou (18) 99778-3649.

Família oferece recompensa por gato desaparecido no Jardim Paraná

O gatinho atende pelo nome de Mel

Uma família está em busca de seu animal de estimação, que está perdido. Um gato, macho da raça siamês, com aproximadamente 2 anos de idade, atende pelo nome de Mel apesar de ser do sexo masculino.

Segundo a tutora Valéria Gomes, quando adotaram o animal pensaram que era fêmea. "Depois de duas semanas vimos que estava crescendo algo, como já estávamos acostumados com o nome, ficou 'o' Mel", explicou.

divulgação - Mel desapareceu nas imediações do Jardim Paraná - Foto: Divulgação
Mel desapareceu nas imediações do Jardim Paraná - Foto: Divulgação


O gatinho desapareceu nas imediações da rua Apucarana, Jardim Paraná, em Assis.

Qualquer informação do paradeiro de Mel, pode ser repassada pelo contato de celular/WhatsApp (18) 99748-2588. A família oferece recompensa.

5 livros para começar 2022 sabendo mais sobre o mercado de tecnologia

Executivo do Grupo FCamara indica títulos para quem deseja aprender e se aprofundar no universo de TI

O mercado de tecnologia não para de crescer e nesse mesmo passo aumentam as oportunidades de atuar profissionalmente na área. Apenas no Brasil, a estimativa é de 70 mil novas vagas ao ano, de acordo com a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). Mas nem sempre é fácil acompanhar um setor marcado por tantas inovações a todo o momento e se manter por dentro das tendências. Por isso, boas leituras podem ajudar quem segue carreira na tecnologia - e também os admiradores da área.

Joel Backschat, CTO do Grupo FCamara, consultoria de soluções tecnológicas e transformação digital, indica cinco livros para começar o próximo ano com mais conhecimentos sobre o universo de TI. Confira:

1. Arquitetura limpa: O guia do artesão para estrutura e design de software, de Robert C. Martin e Kevlin Henney

A base do trabalho de um desenvolvedor é escrever códigos. Mas como fazer isso de forma simples? É o que o livro de Martin ensina: escrever código fácil para que, tanto você, que escreveu, quanto um terceiro, entendam o que foi feito. "Livro básico que te faz repensar tudo o que você sabe em relação a desenvolvimento de sistemas. Vale a pena ler para quem quer se aperfeiçoar e melhorar sua produtividade", recomenda o executivo.

2. Team Topologies, de Matthew Skelton e Manuel Pais

Essa obra traz ensinamentos para a formação e desenvolvimento de equipes bem-sucedidas na entrega de softwares eficientes. Além disso, ajuda as organizações a reavaliarem sua abordagem de avaliação de desempenho nas entregas de software, operações e suporte. "É um grande livro para entender porque o formato de times e de empresas tem tanto impacto no software que desenvolvemos e o que podemos fazer para termos pessoas que façam a diferença nesse processo".

3. Design It!, de Michael Keeling

Ideal para quem é desenvolvedor de software e não teve contato com esse tipo de arquitetura, mas precisa e quer adquirir esse conhecimento. "Livro muito bom para mostrar o papel do arquiteto dentro do novo momento que vivemos na tecnologia, em que escalabilidade e falta de pessoas são fatores reais na maioria dos projetos", destaca Joel.

4. Accelerate: The Science of Lean Software and DevOps: Building and Scaling High Performing Technology Organizations, de Jez Humble e Gene Kim

Trazer a tecnologia para gerar valor de negócio e apresentar dados de pesquisas é o que ajuda a medir a performance das entregas dos softwares. Esse é um dos conceitos abordados e defendidos no livro. Dessa forma, os leitores saberão como medir as performances de suas equipes e em quais recursos devem investir para melhorá-las. "Gosto desse título porque mostra uma visão inovadora ao explicar o que significa realmente ter um time de alta performance por meio de métricas do sistema".

5. O projeto fênix: um romance sobre TI, DevOps e sobre ajudar o seu negócio a vencer, de Gene Kim

Esse romance retrata um problema bem comum do mundo real: um dos personagens é gerente de TI de uma empresa e é acionado para "salvar" um projeto que representa o futuro da organização, mas extrapola o orçamento e está bastante atrasado. De uma forma um tanto inusitada, os autores renomados do movimento DevOps apresentam uma história que qualquer um que trabalhe com TI reconhecerá. "Ela realmente conecta desenvolvedores e times de infraestrutura e foca no papel do DevOps para realizar essa união. Esse é o encanto da história, é uma situação tão comum que nos aproxima e nos faz simpatizar com todo o enredo", analisa o CTO.

Família oferece recompensa por gato desaparecido em Assis

Badão sumiu no dia 5 de janeiro

O gatinho Badão sumiu no dia 5 de janeiro, quarta-feira, e até esta terça-feira, 11, seus tutores ainda não haviam encontrado o bichinho.

O desaparecimento ocorreu na casa de Badão, localizada no bairro Alto dos Ipês, nas proximidades do Supermercado Maxi.
Divulgação - Badão sumiu no dia 5 de janeiro - Foto: Divulgação
Badão sumiu no dia 5 de janeiro - Foto: Divulgação


A família ainda oferece recompensa para quem encontrar e devolver o gatinho.

Para qualquer informação basta entrar em contato pelo número (18) 98129-7557.

Tutores oferecem recompensa para quem encontrar cachorro que desapareceu na Vila Ribeiro

Fled é da raça Lhasa Apso, da cor branca

Uma família que mora na Vila Ribeiro está desesperada atrás de um cachorro que desapareceu na quinta-feira, 6 de janeiro, em Assis.

O animal que atende pelo nome de Fled, sumiu por volta dar 10h30 na Rua Leonor, altura do número 703.

A filha de Luana, tutora do cachorro, está chorando muito pela ausência do amiguinho.

Divulgação - Tutores oferecem recompensa para quem encontrar cachorro que desapareceu na Vila Ribeiro
Tutores oferecem recompensa para quem encontrar cachorro que desapareceu na Vila Ribeiro


"Minha filha é muito apegada a ele e, desde o sumiço, ela não para de chorar. Não sabemos mais o que fazer. Nós estamos oferecendo uma recompensa para quem encontrar o animal", garante Luana.

Fled é da raça Lhasa Apso, da cor branca. Quem encontrar deve entrar em contato pelo telefone: 18 99666 5063 - Luana
Bem-Estar

Dia do Leitor: passo a passo de como fazer seu planejamento de leitura para 2022

Book advisor traz dicas de como se programar para ler mais

Perder peso, se alimentar melhor, ler mais: essas são algumas das resoluções de ano novo mais comuns. Mas para atingir esses objetivos durante o ano é preciso fazer um bom planejamento. No caso da leitura, é normal não conseguirmos manter um ritmo periódico e ler todos os livros que gostaríamos. Isso acontece por não termos um plano de leitura.

Diversos estudos já pautaram benefícios da leitura além da aquisição dos conhecimentos apresentados nos livros. Como exemplo, um levantamento feito pela Universidade de Northwestern em 2013 mostrou que quem lia com frequência apresentava menor declínio cognitivo do que quem não tinha esse hábito.

"Esses levantamentos mostram que a importância de manter o hábito de leitura em dia pode trazer mais benefícios do que imaginamos. Nesse sentido, reforço ainda que um bom escritor é também um bom leitor, pois a leitura de outras obras faz o autor se apoderar de novas formas de aumentar seu vocabulário, melhorar sua capacidade de raciocínio e conhecimento na área", complementa Villela, também apresentando o lado positivo que a leitura traz para as pessoas que querem escrever seus próprios livros.

Para celebrar o Dia do Leitor, comemorado em todo dia 7 de janeiro, Eduardo Villela, book advisor e profissional com mais de 16 anos de experiência no mercado editorial separou um guia passo a passo para fazer um planejamento de leitura. Confira:

Defina quais livros deseja ler durante o ano e divida pela quantidade de meses. Por exemplo, caso você tenha escolhido 20 livros, terá que ler mais de um livro por mês. Separe mais tempo para ler os livros maiores ou mais complexos;
Tenha em mente épocas do ano que poderá se dedicar mais ou menos à leitura. Por exemplo, em época de provas ou mais intensas de trabalho você sabe que não terá tanto tempo para ler os livros que planejou. Por outro lado, nas férias poderá pôr a leitura em dia;
Tenha o seu plano de leitura por escrito. Fica muito mais fácil de manter o planejamento e saber, exatamente, qual livro vai ler e quando;
Mantenha o ritmo da leitura. O ritmo vai depender muito da quantidade de livros escolhidos. Você pode dividir a sua leitura pela quantidade de páginas ou capítulos de cada livro. Outra forma é definir quanto tempo vai ler por dia ou por semana;
Escolha um local tranquilo para fazer a sua leitura. É muito fácil se distrair em ambientes barulhentos. Outra dica é manter o celular afastado.
"Um dos sentimentos que temos ao ler um bom livro é a sensação de estar imersos na história, criando uma conexão mais forte com as personagens e os acontecimentos nos quais elas se envolvem".

Eduardo Villela é Book Advisor e assessora pessoas, famílias e empresas na escrita e publicação de seus livros. Trabalha com escrita e publicação de livros desde 2004. Já lançou mais de 600 livros de variados temas, entre eles comportamento e psicologia, gestão, negócios, universitários, técnicos, ciências humanas, interesse geral, biografias/autobiografias, livros de família e ficção infantojuvenil e adulta.
Bem-Estar

Ano novo: dicas para começar 2022 com a saúde em dia

Healthtech lista uma série de atitudes que podem ajudar a ter uma vida mais saudável

A Saúde da Gente, hub de soluções pioneira no segmento de saúde digital, atenta às mudanças trazidas pela pandemia, elaborou algumas dicas para quem quer se manter saudável no ano que está por vir. De acordo com o Dr. André Rodrigues, coordenador médico da healthtech, "investir na prevenção é o que faz a diferença. Devemos pensar em uma mudança de postura em relação ao enfrentamento das doenças, a partir de alguns pilares que envolvem o bem-estar físico e mental", explica o especialista, que dá algumas recomendações:

Investir em prevenção: fazer exames de check-up com regularidade, evitar o consumo de cigarro e bebidas alcoólicas, manter uma alimentação balanceada, praticar atividades físicas, dormir bem e cuidar da saúde mental são atitudes simples que reduzem pela metade o surgimento de doenças crônicas, cardiovasculares e até mesmo o câncer, segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde,

Assumir um comportamento responsivo: ter um compromisso com a própria saúde e engajamento com o bem-estar físico e mental, com assistência médica preventiva e autocuidado.

Fazer bom uso da tecnologia disponível: a telemedicina e a adoção de novos protocolos de diagnósticos são exemplos de como a pandemia melhorou alguns processos e acelerou alguns métodos promovendo segurança e eficácia.

Controlar o estresse: o estresse é uma reação normal do organismo diante de algumas situações. No entanto, provoca desequilíbrio e, quando acontece de forma intensa, pode até causar doenças. Entre os principais sintomas estão dores de cabeça, indigestão, dores musculares, insônia e ansiedade. Por isso, é importante ter atitudes positivas para o manejo do estresse. Tirar um tempo para si, realizar atividades físicas, estar atento à respiração são algumas ações que podem ajudar.

"Cada um deve se esforçar e se envolver diretamente para evitar doenças, considerando a máxima que a prevenção é o melhor remédio. Já como sociedade, devemos buscar a redução da desigualdade em saúde e lutar por maior eficiência, tecnologia e segurança para todos", finaliza o coordenador médico da Saúde da Gente.

Cinco dicas valiosas para proteger seu pet do barulho nas festas de fim de ano

Veterinária Dra. Ana Catarina Valle ensina como manter seu bichinho mais calmo e sob controle, prevenindo estresse e fugas

A festa de Ano Novo se aproxima e com elas uma preocupação: como proteger o pet do barulho dos fogos e rojões e, principalmente, evitar fugas e outros transtornos comuns nesta época do ano. Embora sejam utilizados para celebrar e tornar momentos ainda mais especiais, estes artifícios são verdadeiros pesadelos para a maioria dos cães.

"Eles têm ouvidos muito sensíveis, capazes de ouvir timbres inaudíveis para nós, humanos. Se para nós o espetáculo já é barulhento, para eles é um enorme estardalhaço", explica Dra. Ana Catarina Valle, especialista em medicina veterinária Integrativa. Segundo ela, dependendo da intensidade dos fogos, eles podem causar dor no animal e até mesmo danificar a audição de um filhote.

Quem tem um pet que sofre nestes dias sabe como é desesperador vê-los em estado de estresse, sentindo-se ameaçados e procurando abrigo; muitas vezes, acalmá-los é muito difícil. Por isso, Dra. Ana Catarina preparou uma lista com dicas que pode ajudar a mantê-los sob controle e em segurança.

1 - Fique perto do animal

Deixá-lo sozinho pode aumentar a sensação de insegurança causada pelo barulho. Mantenha-se ao lado dele e, na medida do possível, procure distraí-lo com petiscos e brincadeiras. Mas caso ele demonstre preferir ficar isolado, respeite a necessidade dele.

2 - Deixe-o em um ambiente de som mais abafado

Pode ser um quarto, um banheiro mais afastado do burburinho. Ligue uma música clássica ou indicada para relaxamento para que seu pet escute. Isso vai ajudar a acalmá-lo e mudar o foco dos ruídos dos fogos.

3 - Procure um veterinário que avalie o uso de homeopatia e florais

"Estes medicamentos não possuem contraindicações e podem ajudar a manter os animais mais calmos nestas ocasiões, com o uso preventivo e prolongado antes do período de festas", diz Dra. Ana Catarina. Ela conta que há muitos feedbacks positivos quanto aos resultados, sendo que alguns desses remédios possuem ação rápida.

4 - Utilize protetores auriculares próprios para pets

Existem hoje no mercado protetores auriculares próprios para pet, capazes de reduzir o impacto do barulho. Alguns possuem espumas que absorvem as ondas sonoras, potencializando conforto para o pet.

5 - Garanta que o pet tenha um abrigo

Para que ele se sinta mais seguro quando estiver com medo, mantenha por perto uma casinha, caminha ou caixa de transporte à qual ele esteja acostumado.

Lembre-se também que a movimentação de pessoas estranhas para lá e para cá em dia de festa também pode contribuir para o estresse e a ansiedade de seu bichinho, portanto isolá-lo do movimento é a melhor opção.
Viagem

Como ter os pneus em bom estado para viajar?

Especialistas alertam para o risco de viajar com pneus em más condições; Pneus reformados podem ser alternativas mais acessíveis

As tradicionais férias de fim de ano, acompanhadas de uma viagem entre amigos e familiares, exigem atenção antes de pegar a estrada. Para que o passeio ocorra com diversão e segurança, uma revisão no veículo é fundamental a fim de evitar dores de cabeça e problemas no trajeto.

Um dos itens mais importantes na revisão são os pneus do automóvel. Eles despertam grandes preocupações entre os motoristas, pois, dirigir com pneus "carecas" pode colocar a vida de todos os usuários em perigo, além de ser considerado uma infração de trânsito passível de multa.

"É preciso ter em mente que cuidar da segurança de todos que estão no carro vem em primeiro lugar. Um segundo ponto é evitar transtornos e atrasos na viagem por causa de problemas no veículo, além de que esses problemas podem bater forte no bolso, seja pelos reparos posteriores, ou porque a maioria das panes de veículos nas estradas rendem multas previstas na leis de trânsito", comenta Gervásio Pereira, colaborador da NSA Pneutec.

Os pneus são responsáveis pela aderência no asfalto, fator que gera estabilidade nas curvas e traçados, além de serem preparados para situações climáticas adversas, e a instabilidade nas pistas causadas por derramamentos de resíduos sólidos e líquidos (como areia, produtos químicos e oleosos).

Quais devem ser os cuidados com os pneus antes de pegar a estrada?

A primeira preocupação do proprietário do veículo deve ser com o desgaste dos pneus. Nesse caso, a checagem se dá com a condição atual dos pneus que atinjam ou ultrapassem o limite de 1,6mm de profundidade dos sulcos - os pequenos canais esculpidos na banda de rodagem do pneu.

Para ajudar o motorista, existe um indicador na banda de rodagem. Este indicador é chamado de Tread Wear Indicator (TWI), uma saliência de borracha colocada dentro do sulco do pneu. Caso atinja esse limite, a troca deve ser feita antes da viagem pela segurança de todos os usuários.

O motorista também não pode se esquecer do pneu de estepe - que deve estar em bom estado para uso, caso seja necessário a troca em alguma emergência.

'Embora a maioria dos motoristas saibam, os pneus devem ser calibrados levando em conta o peso que está sendo levado. Um carro sem bagagem e apenas com o motorista pode exigir uma calibragem menor do que um automóvel carregado de malas e quatro passageiros, por exemplo", diz Haydenn Tanaka, representante comercial da NSA Pneutec.

O pneu reformado é indicado para viajar?

Os pneus reformados oferecem rendimento quilométrico semelhante ao de um pneu novo. A diferença é que saem com um valor 75% mais econômico para o consumidor, o que apresenta uma redução de 57% no custo/km para o setor de transporte, por exemplo. Os pneus são o segundo maior custo de uma transportadora, atrás somente do combustível.

"Os pneus reformados são auditados e homologados pelo INMETRO (órgão mais importante brasileiro de fiscalização), portanto, são seguros. Além disso, são grandes colaboradores da preservação do meio ambiente, porque quando há o descarte de uma carcaça de pneu usada, ela pode levar até 900 anos para se decompor na natureza", comenta Gervásio.

Quais outros fatores devem ser verificados nos pneus?

É necessário checar se os pneus encontram-se alinhados, sem desgaste irregular e a calibragem estar adequada aos padrões previstos na legislação.

O balanceamento das rodas e pneus também são são importantes. Essa revisão deve ser feita a cada 10.000km rodados, na troca ou no conserto do pneu, quando o automóvel sofrer impactos na suspensão ou quando o carro estiver "puxando" para um dos lados.

"São muitas informações, porém, isso reflete a importância em manter os pneus em bom estado durante uma viagem. É fundamental procurar uma oficina de confiança para realizar a revisão com, pelo menos, uma semana de antecedência, e se divertir no final de 2021 com segurança e tranquilidade no automóvel", finaliza Gervásio.
Bem-Estar

3 dicas para curtir o réveillon com segurança

DJ Ilka Oliver comenta sobre experiências em shows pós-pandemia e dá dicas de como participar de eventos de maneira saudável

A pandemia de covid-19 alterou a forma de viver a rotina, mas este ano, com o avanço da vacinação e a flexibilização de medidas de segurança, muitos eventos voltaram a acontecer. Porém, para a DJ Ilka Oliver, ainda é necessário manter medidas de proteção para evitar que um novo cenário pandêmico aconteça e os eventos sejam proibidos novamente. "Tive a oportunidade de realizar alguns trabalhos após a flexibilização de medidas. Por isso, consigo falar sobre o que vi acontecer", explica a artista.

Para ela, um dos principais pontos é a facilidade com a qual o uso de máscaras fica desmedido dentro de grandes eventos. "Devemos prezar sempre pela segurança coletiva. Após o início dos eventos, geralmente as pessoas deixam de usar as máscaras, por isso, sugiro que haja sempre uma fiscalização para evitar que as pessoas esqueçam da proteção", opina.

Nesse contexto, a artista preparou uma lista com 3 dicas de comportamento para que a virada do ano de 2022 seja aproveitada de maneira segura.

1 - Limite de público: "Entendo que é o momento que todos estão buscando festas e comemorações de maneira incisiva, porém, é necessário sempre respeitar a capacidade de público dos locais, já que os cálculos são feitos para manutenção da segurança saúde de todos os envolvidos. Este ponto já era importante antes da pandemia e agora é ainda mais", explica a DJ.

2- Evitar dividir copos: "Acontece muito em festas, um grupo de amigos, por exemplo, começa a dividir copos ou beber na mesma garrafa e, mesmo que antes isso fosse algo totalmente banal, acredito que ainda não é o momento de comportamentos assim acontecerem novamente", opina.

3- Optar por eventos em ambientes abertos: "Sei que a maioria dos eventos noturnos, por exemplo, é feito em locais fechados. Porém, o réveillon é uma boa oportunidade de escolher ambientes abertos. Assim, você pode observar os fogos e prezar pela sua saúde também. Pense nisso ao escolher o local da virada", aconselha Ilka Oliver.
Viagem

Aprenda a organizar sua mala de viagem

Consultora de imagem e diretora de Moda Praia dão dicas de como montar bagagem consciente e personalizada

É chegada a hora de fazer as malas para as férias de Verão e o desafio é levar o necessário sem carregar peso desnecessário. A bagagem perfeita, segundo especialistas, existe e pode ser organizada com boas escolhas. O truque é conhecer bem o roteiro de viagem e o estilo de cada viajante - lembrando que crianças sempre vão precisar de mais peças que um adulto para poderem brincar à vontade e sem medo de se sujar.

Para os maiores, peças polivalentes e que podem ser ressignificadas são uma tendência presente especialmente em setores mais dinâmicos, como o de Moda Praia. "É a versatilidade de levar uma peça e, no caso de biquínis dupla face, ter na mala um, dois, três e até quatro biquínis diferentes com um único conjunto. No caso do camisão ou do maiô, a pessoa transforma o uso e pode vestir na praia como saída ou em um look mais casual", explica Erika Bianchini, diretora da empresa de Moda Praia Beijo do Sol.

Por essa razão, a marca incluiu em suas coleções modelos que, combinados entre si ou com outras peças, permitem vestir bem não só à beira mar. Os itens criados podem ser usados na praia, mas também em diversas situações do dia-a-dia, como ir a um restaurante ou a um museu.

Entre os destaques dessa proposta estão os modelos Ripple (dupla face) e as Hot Pants Dupla Face que podem ser usados de quatro formas diferentes, e os maiôs que funcionam como body. "Uma mesma peça serve de várias formas. Os camisões podem ser saída de praia ou mini vestido ou amarrados e usados com um shortinho ou calça jeans.", afirma Erika.

A consultora de imagem Gal Nader afirma que, com exceção de blogueiras, que trabalham com divulgação e moda, deve-se evitar levar itens demais, pois isso causa excesso de bagagem e de peso, dificuldade para compor ou até encontrar o que se procura e, no fim, mais itens para arrumar na volta para casa. "As pessoas pensam que precisam levar tudo que tem em uma viagem, mas não é bem assim. O interessante é sempre planejar a mala com antecedência, saber quantos dias de viagem, o clima do local, se esfria à noite, se tem algum compromisso mais formal. Outra dica é usar duas ou três cores coordenáveis entre si, para conseguir variar os looks", diz a especialista.

Consumo consciente

Gal Nader trabalha com o desejo de imagem de suas clientes há 9 anos. Seu foco hoje são pessoas que querem priorizar o consumo consciente. A consultora desenvolveu ao longo da carreira um método próprio, que vai além da moda na hora de definir o que fica bom em cada pessoa e o que deve estar em uma mala de viagem. "Tem que se levar em consideração o corpo, a análise facial e, no caso da mala, eu até tiro fotos dos looks possíveis com o que foi selecionado. A gente pensa antes para não perder tempo depois na viagem", afirma a consultora. A proposta preferida por Gal é o chamado "armário cápsula", também conhecido como guarda-roupa minimalista. "Sabendo comprar, tudo fica bem", destaca ela.

Na mesma linha de pensamento, a Beijo do Sol tem investido em produção sustentável, com impressões digitais que consomem menos água e upcycling de retalhos, que são doados e reutilizados por artesãos em uma comunidade. A marca tem ainda peças de poliéster com elastano, um tecido tecnológico que, além de secar rápido para dar praticidade ao reuso das peças, também prolonga a durabilidade dos itens.

Planejamento é tudo!

Saber a programação com antecedência é essencial para calcular a quantidade de peças. "Não tem uma fórmula, porque cada pessoa tem um estilo. Tem que saber quais programas serão feitos, para não levar peças a mais e que voltam sem uso", explica a consultora Gal Nader.

A dica, segundo ela, é levar sempre mais partes de cima que partes de baixo, com duas ou três peças de cima para cada peça de baixo. "O que chama a atenção é o que está próximo ao rosto. Se usar uma calça a semana inteira, ninguém vai notar, mas uma blusa as pessoas lembram porque está mais perto da face", conta Gal.

O biquíni segue a mesma regra: duas partes de cima para cada parte de baixo, lembrando que a secagem rápida permite lavar facilmente a sunga ou calcinha depois de cada uso. "Dupla face também é uma opção legal. O maiô pode ser usado com uma pantalona, uma saia, Sempre tentando um contraponto da peça justa com uma peça mais larguinha para ficar elegante", diz a consultora de imagem.

Peças coringa e como montar a mala

Peças de Moda Praia inspiradas no streetwear, apetrechos coringa e lenços são itens inteligentes para se ter em uma viagem. "Algumas partes de cima do biquíni parecem e podem ser usadas como cropped. Fica interessante também abusar do acessórios, porque eles mudam a cara do look e ocupam pouco espaço na mala. Lenços podem ser usados como saídas de praia e, se esfriar um pouco, é só jogar nos ombros", afirma a consultora Gal Nader.

Quanto aos sapatos, as mulheres podem levar uma rasteirinha, uma sandália mais elegante para sair à noite e um tênis (que vai no pé para não ocupar espaço na mala durante a viagem e ainda garantir o conforto nesse momento). Por fim, um vestido básico no estilo da pessoa. "Se surgir algo de última hora, é só mudar o acessório, colocar um colar com o vestido e já se tem algo mais arrumado", indica a especialista.

Crianças dependem da idade, mas é sempre regra levar mais roupas que um adulto, pois os pequenos tendem a se sujar mais e precisam de mais trocas, inclusive na parte de baixo do look.

No calor, é bom selecionar peças respiráveis, como algodão, malha e linho. "Não tem problema o linho ficar amarrotado. Lógico que não é um amarrotado por ter sido dobrado errado, mas de uso. Aliás, a gente faz a mala pensando na dobra que acontece naturalmente no uso da peça. Dobra-se ao meio uma saia e não no comprimento", explica Gal.

As peças devem ser dispostas na mala em camadas. As maiores devem ser colocadas no fundo e as menores por cima - biquínis, lingeries e até sapatos (devidamente embalados) devem ser dispostos nos vãos que sobram. "Quanto menos dobrar na mala, menos amarrotado fica. E quanto mais compacto, melhor. Não pode ficar buraco. Dos looks, não tem certo ou errado. Tem o que funciona para aquela pessoa e aquela ocasião", finaliza a consultora.

Verão: Cuidados com os pets em dias quentes

Médicas veterinárias da DogHero e Petlove explicam como o calor interfere no bem-estar de cães e gatos

Essa é uma ótima época para aproveitar o sol, o calor e se refrescar em piscinas e praias. Porém, assim como nós, os pets sofrem muito no verão e podem até mesmo passar mal. Para que eles também possam aproveitar os dias mais quentes, o tutor precisa estar atento aos cuidados especiais que a estação mais calorosa do ano exige.

Cães muito peludos e de regiões onde o inverno é bem rigoroso como o Husky siberiano, o São Bernardo, o Bernese e Chow Chow, tendem a sentir mais calor que os cães de pelagem curta como o Vira-lata (SRD), o Pinscher e o Dachshund. Raças de pets braquicefálicos (com focinho achatado) têm maior dificuldade de respirar e com isso também precisam de cuidados especiais em dias mais quentes, como Pug, Bulldog, o Boxer, Shih Tzu, entre outras.

A médica veterinária Thaís Matos, da DogHero, maior empresa de serviços para pets da América Latina, explica que os cães não transpiram como os seres humanos, mas controlam a troca de calor do corpo e mantêm a temperatura ideal por meio da respiração. "Por isso, o ato de respirar rápido com a língua para fora indica não só que cãozinho brincou muito ou está cansado, mas também que ele pode estar com calor. Passar muito tempo ofegante com a linguinha para fora é o primeiro sinal de que o calor pode estar incomodando".

Outros sinais de que o pet está com calor são: deitar-se em locais com piso frio com as patas traseiras esticadas, beber muita água, ficar mais quieto que o habitual e procurar sempre por locais cobertos ou com sombra. Thaís menciona ainda que pais e mães de pets precisam estar atentos aos passeios e fazer uso do protetor solar. "Cãezinhos com pelagem branca ou que têm pouco pelo na ponta das orelhas, no focinho, no rabo e nas patas precisam de protetor solar antes de serem expostos ao sol. Há protetores específicos para uso em animais, consulte sempre a recomendação do médico veterinário do seu pet".

"Os dias quentes estão cada vez mais intensos com o passar dos anos e isso reflete também na vida dos nossos pets. Assim como nós, é evidente que eles sentem o aumento da temperatura e alguns sofrem muito com isso, por isso, alguns produtos são essenciais para refrescar seu pet no calor", declara Jade Petronilho, médica veterinária e coordenadora de conteúdo da Petlove.

O calor é muito prejudicial para os pets, pode causar hipertermia com consequências irreparáveis, como o óbito. "Como cães possuem pelagem e não possuem glândulas de suor, a sensação de calor é maior, por este motivo eles respiram pela boca, fazendo com que o ar frio entre e resfrie seu corpo, quanto mais ofegantes, mais calor estão sentindo", explica Jade.

O cuidado com as patas nos dias de calor também é essencial. "Reveja o horário de saída para passeios com seu cachorro, pois o chão pode estar muito quente e acabar queimando as patinhas do seu pet", completa a coordenadora de conteúdo. Para finalizar, a profissional alerta a atenção redobrada para cães braquicefálicos, como é o caso dos Pugs e Bulldogs, que costumam ter problemas respiratórios agravados durante o verão.

Pensando na saúde e bem-estar dos animais de estimação, as especialistas da DogHero e Petlove separaram algumas dicas, para que tutores e pets possam curtir juntos a estação mais esperada do ano. Confira!

Tapete gelado para os cães e gatos

Esse item já virou sucesso entre pets e seus tutores. O tapete gelado possui uma tecnologia diferenciada que ativa o "modo gelado" com o peso do corpo do pet. Não precisa de água, refrigeração ou eletricidade para ser ativado. São fáceis de guardar ou mesmo levar para uma viagem, pois são portáteis e dobráveis. O produto possui diferentes tamanhos e cores e pode ser encontrado em lojas especializadas para pets.

Fontes e bebedouros para refrescar os gatos

Quem tem um ou mais gatinhos em casa, sabe que mantê-los hidratados nem sempre é uma tarefa fácil e a ingestão de água é peça chave para manter o equilíbrio térmico dos pets. Por isso, tenha sempre vários locais com água disponível para eles. Uma opção que pode ajudar os pais e mães de pets nessa tarefa são os bebedouros e fontes automáticas, que mantêm a água fresca e estão sempre à disposição do bichano. O tutor pode optar por um modelo mais lúdico ou os mais comuns. Elas possuem design moderno e várias opções de cores, além de contarem com reservatórios com diferentes capacidades. São econômicas e vão garantir uma hidratação mais divertida para os gatos.

Brinquedos gelados para o pet se divertir

Para serem colocados na geladeira ou freezer, os brinquedos gelados são muito legais para cães que gostam de brincar bastante. O tutor pode escolher entre as diferentes opções de brinquedos. Não agride a saúde do pet. Auxilia na hidratação e no refrescar. Reduz a ansiedade, estresse e o calor. Ideal para brincadeiras entre o tutor e seu pet. É importante lembrar que nenhum brinquedo é 100% indestrutível e a brincadeira precisa ser monitorada. Brinquedos são recursos mais simples, baratos e práticos para proporcionar bem-estar físico e mental aos animais. Os brinquedos são instrumentos importantes no controle da ansiedade e instintos do seu peludinho. Destruir os brinquedos faz parte de um comportamento saudável, desde que seja supervisionado para que não engula nenhum pedaço e se machuque. É importante sempre verificar se o brinquedo escolhido está de acordo com o porte do seu pet e resistente o suficiente para ele.

Faça cubos de gelo para divertir e refrescar o pet


Vale mimar o pet com cubos de gelo em dias muito quentes, eles adoram e se divertem bastante enquanto se refrescam. O tutor pode preparar o cubo em forminhas de gelo comuns (com água potável) e oferecer ao pet. É uma diversão refrescante e econômica. Lembrando sempre de vigiar de perto a brincadeira e tomar cuidado com pets filhotes.

Bebedouros que deixam a água gelada


A água dos pets, quando exposta por muito tempo, fica quente, seguindo a temperatura ambiente. Por isso, existem no mercado alguns potes de água que a deixam sempre fresquinha. O produto vai ajudar a manter a água fresca e pronta para o rápido consumo. O bebedouro possui bolinhas internas em gel PSA que ao serem congeladas (no freezer) vão manter a temperatura da água baixa. Com isso a água do pet permanece fresca por muito mais tempo.
Bem-Estar

Festas de fim de ano pedem atenção para os riscos de intoxicações alimentares

Nutricionista dá algumas dicas dos cuidados redobrados neste período para que as festas não se tornem emergências

Mais um ano está chegando ao fim e é o momento das grandes confraternizações, celebrações e reuniões com a família e amigos, mesas fartas e diversidade de alimentos.

Geralmente, com tantas opções de comidas, elas precisam ser preparadas com antecedência, muitas vezes 24 horas antes, principalmente quando se trata de Natal e Ano Novo. Mas, por trás de tantas opções, é preciso ficar atento às questões de saúde.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mostram que mais de 600 milhões de casos de intoxicações alimentares são registrados no mundo. Segundo o Ministério da Saúde, 13 mil pessoas por ano, sofrem intoxicações alimentares neste período. "Geralmente esses casos são registrados devido ao descuido no manuseio dos alimentos, em torno de 40% dessas situações são registradas com comidas cozidas em casa", alertou a nutricionista credenciada da Paraná Clínicas, empresa do Grupo SulAmérica, Carolina Henequim (CRN-2804/PR).

E para que as festas não sejam interrompidas por emergências, a nutricionista alerta para alguns cuidados necessários desde o manuseio e preparação até a armazenagem das sobras. "Um dos maiores motivos da contaminação de alimentos se dá pela falta de armazenagem correta e refrigeração, já que expostos ao ambiente eles se tornam mais vulneráveis a contaminação e proliferação de bactérias", ressalta.

Porém, não é apenas em casa que os cuidados devem ser redobrados. Quando a opção for por realizar as confraternizações em restaurantes, bares ou hotéis, é preciso ficar atento. "Em muitos lugares é possível visitar a cozinha do local. Nos que não são possíveis, é importante ver a coloração dos alimentos, sua textura e seu cheiro. O ideal é consumir alimentos cozidos, para que os riscos diminuam", destacou Henequim.

As sobras também precisam de atenção na hora da armazenagem. "Um dos principais erros neste momento, é a mistura dos alimentos. Cada um deles, deve ser guardado de forma separada. O arroz, por exemplo, deve ter um recipiente e a carne outro, nada de colocar até três tipos de alimento em um mesmo recipiente. Outra dica importante, é fazer pequenas porções, congelar e descongelar somente quando toda aquela quantidade for utilizada", finalizou a nutricionista credenciada da Paraná Clínicas, empresa do Grupo SulAmérica, Carolina Henequim.

Confira dicas para viajar com pets em segurança no período de festas de final de ano

Coleiras, caixinhas e uso de cinto de segurança são recomendados para evitar multas de trânsito e até acidentes



O movimento nas estradas deve aumentar durante o período de festas de fim de ano. Por isso, o g1 selecionou dicas de segurança para quem vai viajar, mas não quer deixar o "melhor amigo" em casa.

As principais dicas são evitar alimentar o pet pelo menos três horas antes da viagem para que ele não passe mal, além de transporta-lo somente dentro do veículo.

Contudo, segundo Cristiano Vieira, tenente da Polícia Militar em São José do Rio Preto (SP), itens de segurança, como o uso de cinto de segurança, caixas de transporte e cadeirinhas, são recomendados para evitar multas de trânsito e até acidentes.

"O motorista precisa ter total domínio do veículo e não pode se distrair com nada, inclusive o animalzinho de estimação. Para viajar, o animal precisa estar preso dentro do veículo, acondicionado de forma segura."

Caso o motorista seja flagrado carregando o animal na janela esquerda do veículo ou no colo, ele pode ser multado.

"Essa infração é media, com valor em torno de R$ 130, além de quatro pontos na carteira. Se o animal estiver em qualquer parte externa do veículo e até, por exemplo, dentro do carro, mas com a cabeça para fora, é uma multa grave de R$ 195", afirma.



De acordo com o tenente, o uso dos equipamentos nos pets não é obrigatório, mas traz mais segurança aos motoristas que devem pegar estrada.

"Esses itens servem para auxiliar na contenção do animal durante o transporte dele, garantindo maior segurança para o animal, que é o xodó da família, mas para todos dentro do veículo e quem transita na via."

Tutores buscam por gatinho desaparecido em Assis

Paçoca sumiu nas proximidades do Jardim Paulista

O tutor Fernando Pasquarelli está em busca do gatinho Paçoca, que sumiu nesta terça-feira, 21 de dezembro, nas imediações do Jardim Morumbi em Assis.

Segundo Pasquarelli o gatinho é de seus filhos e os dois se encontram muito tristes e chorando bastante pelo sumiço de Paçoca.

Qualquer informação sobre animalzinho basta entrar em contato pelo (18) 99794-8235 e falar com Karina.
Divulgação

Cheff Daniel Alves

Aprenda fazer uma deliciosa 'Fantasia de maçã'

Uma salada gostosa e refrescante feita pelo Cheff Daniel Alves

Neste domingo o Cheff Daniel Alves ensina você a preparar uma deliciosa 'Fantasia de maçã'. Uma salada gostosa e refrescante, confira:

Ingredientes:

1 quilo de maçã ácida.
250 gramas de queijo prato
250 gramas de queijo parmesão.
1/2 xícara (chá) salsão picado
1/2 xícara de (chá) talos de erva doce picado
150 ml. de creme de leite
150 ml. de maionese
Sal à gosto

Divulgação


Como fazer:

Descasque as maçãs, limpe-as e pique ( deixe de molho na agua com limão.
Corte o queijo parmesão e o prato em cubos pequenos.
Em uma tigela, misture o creme de leite, a maionese e o sal a gosto.
Acrescente os demais ingredientes, mexa suavemente.
Despeje em uma saladeira, leve a geladeira.
Sirva gelada.
Opcional: Decore com cerejas.

Serve em média 10 pessoas.
Cheff Daniel Alves

Não sabe o que fazer para o almoço domingo? Confira este Pintado ao molho

Não sabe o que fazer para o almoço domingo? Que tal esse delicioso peixe?

Você pode usar o peixe de sua preferência. Esta receita é com pintado, mas você pode usar um outro peixe. Até mesmo peixe em filés.

Segundo especialistas, o consumo do peixe deveria ser de 2 a 3 vezes por semana.

Com isto, garantimos minerais e vitaminas em o nosso organismo, como o ômega 3 que previne infarto e A aterosclerose.


Pintado ao molho


1 kilo de postas de pintado

Sal a gosto

Pimenta do reino ou molho de pimenta a gosto

1 cebola pequena cortada em rodelas

2 dentes de alho amassado

3 colheres de azeite

1 colher( café) coloral

1 pimentão médio cortado em rodelas

3 tomates cortados em rodelas

Coentro ou cheiro verde a gosto

1 vidro leite de Coco

1 sachê de molho tomate


Como fazer:


Tempere o peixe com sal e pimenta, reserve.

Em uma panela doure o alho levemente no azeite. Acrescente o coloral

Coloque metade do pimentão,  da cebola e do tomate.

Disponha as postas sobre esses ingredientes e, então coloque o restante da cebola, pimentão e tomate.

Despeje o molho de tomate e o leite de Coco 

Deixe cozinhar sem mexer.

Após cozido, acrescente o coentro.


Obs: Caso queira filés de peixe, enrole-os como se fosse um bife á role. Proceda  com o mesmo modo de preparo.

Tutores pagam recompensa por gatinho desaparecido na Paschoal Santili

Herpi desapareceu na quarta-feira, 2

A família do gatinho Herpi está desesperada após seu desaparecimento, na noite de quarta-feira, 2 dezembro, na Avenida Paschoal Santili em Assis.

Segundo a tutora, o gatinho tem 10 anos, é arisco e pesa em torno de 5 kg, com a pelagem branca com manchas pretas.

Divulgação - Herpi está desaparecido desde a noite de quarta-feira, 2 - Foto: Divulgação
Herpi está desaparecido desde a noite de quarta-feira, 2 - Foto: Divulgação


A família oferece recompensa para quem o encontrar e devolver.

Para entrar em contato basta telefonar ou mandar mensagem para os seguintes números:
Ricardo (18) 99722-3500
Luciane (18) 99678-9899
Ricardinho (18) 99706-9899
Mellyna (18) 99691-6857
Rp motos (18) 3321-3183

5 dicas de livros de fé para ler antes do Natal

Como foi sua vida de leitura neste ano

Como foi sua vida de leitura neste ano? Independentemente se você bateu sua meta de livros lidos, ou se sente que poderia ter mergulhado mais fundo no mundo literário em 2021, não se preocupe. Aqui está uma lista com 5 dicas de livros inspiradores que você pode devorar antes do Natal. Confira!

Resiliente

Alguns dias acordamos em um mundo de céu azul e brilhantes possibilidades. Em outros, há chuva batendo contra nossas janelas e trovões estremecendo nossos telhados. Como podemos permanecer firmes quando as tempestades da vida nos atingem — quando somos abandonados pelo cônjuge, processados por clientes, enfrentamos o desemprego e nossos sonhos não se tornam realidade? É possível não apenas sobreviver a essas provações, mas retornar delas mais fortes?

Resiliente - Um convite para viver à semelhança do Mestre, de Sheridan Voysey, contém belas histórias baseadas no Sermão do Monte e traz importantes ensinamentos nestas 90 reflexões que o ajudarão a moldar seu coração ao de Jesus — que, ao praticar tudo o que ensinou, nos mostra o caminho para a resiliência.

Fé apaixonada

A Bíblia é repleta de belas e verdadeiras histórias. Em Fé Apaixonada, Jennie Afman Dimkoff examina a vida de alguns personagens das Escrituras e amplia o texto deste livro com dados históricos e criatividade, sem comprometer o contexto bíblico. Deste modo, a autora mostra às leitoras como as lições aprendidas naquela época são úteis ainda hoje.

O livro inclui também estudos de aplicação prática para dez semanas, podendo ser utilizado como devocional. "Um livro aprazível e cativante, leitura obrigatória para todas as mulheres", diz a autora, que é palestrante, educadora, contadora de histórias e líder cristã comprometida.

Hábitos saudáveis para o crescimento espiritual

Hábitos saudáveis para o crescimento espiritual é uma excelente ferramenta tanto para os recém-convertidos iniciando sua caminhada cristã, como para os cristãos mais experientes que precisam de encorajamento e reavivamento do seu amor pelo Senhor.

Este livro desafiará o leitor a cultivar hábitos saudáveis e crescente dependência ao Senhor, a desenvolver o relacionamento renovado com Deus e a experimentar a tremenda diferença que a prática deste conteúdo é capaz de fazer.

O bom perfume de Cristo

Em O bom perfume de Cristo, o pastor Samuel Mitt compartilha as aventuras vividas do Norte ao Sul do Brasil e em outros países enquanto exercia seu chamado ministerial.

As pessoas que influenciaram sua caminhada exalando o perfume do Salvador são apresentadas com tocante ternura. Seus conselhos e advertências são válidos para todas as idades e fases da vida.

O refúgio secreto

A história verídica de como uma família holandesa arrisca sua vida para esconder judeus durante a Segunda Guerra Mundial é vividamente registrada neste livro. Como membros do movimento de resistência, Corrie ten Boom, seu pai e sua irmã foram enviados aos campos de concentração nazistas onde seu aprendizado sobre a graça divina foi o sustentáculo durante os anos de provação. Emocionante! Na 2ª edição ainda pode-se encontrar um apêndice que narra o desenvolvimento do ministério de Corrie após o fim da guerra e todo o histórico de sua família.
Bem-Estar

O que você precisa saber sobre harmonização facial

Descubra se a proximidade do verão pode atrapalhar na recuperação pós-procedimento

A harmonização facial é um procedimento estético que mexeu com o padrão de beleza nas redes sociais e é um dos termos mais buscados na internet nos últimos dois anos. Toda essa popularidade atende o público que busca uma forma imediata de mexer na aparência para deixar as linhas do rosto mais harmônicas e simétricas. O procedimento faz sucesso não apenas entre os famosos, mas também para quem leva a vida longe dos holofotes.

Com a proximidade do verão, surge a dúvida se esse é o melhor momento para realizar o procedimento estético, uma vez que pode provocar inchaço e a necessidade de repouso por alguns dias. Mas, por se tratar de um procedimento não invasivo, a recuperação é mais rápida e tranquila, que um procedimento cirúrgico, e pode ser realizado em qualquer época do ano.

O Doutor Willian Ortega, cirurgião dentista especialista em harmonização facial, esclarece 5 mitos comuns sobre o tratamento.

1) A Harmonização facial envolve cirurgia plástica?

A harmonização facial é um tratamento estético que utiliza uma combinação de várias técnicas de preenchimento, como fios de PDO, bioestimuladores de colágeno e toxina botulínica. Esses procedimentos são considerados minimamente invasivos, realizados apenas com agulhas. Aí está um dos grandes apelos da harmonização, a falta de cortes, e por consequência, a recuperação rápida e menos dolorosa.

2) Os efeitos do tratamento são permanentes?

Os produtos injetados durante o tratamento são completamente absorvíveis, e fazem efeito na pele durante um período de 6 meses, para a toxina botulínica e de 12 a 18 meses para outros preenchedores, antes de "desaparecerem". Assim, o rosto retorna ao seu estado natural, podendo repetir ou não as aplicações.

3) A pele ficará muito esticada e inflexível?

O efeito do rosto excessivamente esticado é comumente visto em casos de cirurgia plástica, onde a pele é, literalmente, esticada. Na harmonização facial, apenas são preenchidos pontos estratégicos da face, proporcionando uma aparência natural.

4) Pessoas mais jovens não precisam de procedimentos estéticos?

Atendo em meu consultório vários jovens que buscam desde uma correção no nariz, formato do rosto até queixas sobre o sorriso ou linhas de expressão. A aparição dessas linhas varia muito de pessoa para pessoa, para algumas pode acontecer aos 20 anos, enquanto para outras depois dos 30. Meu conselho para os pacientes, é buscar o tratamento quando as marcas estiverem aparentes no rosto em repouso.

5) O rosto pode perder a sensibilidade após as injeções?

Durante o procedimento pode haver alterações da sensibilidade, já que algumas formulações com ácido hialurônico contêm anestésico local para deixar sua aplicação mais confortável. Porém o efeito é temporário, e não causa nenhum dano ao sistema nervoso.

Tutora busca por cachorro que desapareceu no Parque das Flores em Assis

Thor está desaparecido desde o dia 17 de novembro

Milena Josina Pereira tutora do cachorro Thor está a sua procura.

Milena conta que Thor desapareceu da casa da família, no Parque das Flores, próximo ao Kaikan por volta das 19h do dia 17 de novembro, e que a família está muito preocupada com seu desaparecimento.

Ela pede que se alguém tiver informações sobre Thor para que entre em contato pelo telefone (18) 99820-0447.

divulgação - Cachorro Thor
Cachorro Thor

Cachorrinha perdida procura por seus tutores em Assis

Cachorrinha apareceu em uma casa próximo a Câmara Municipal

Marcela está a procura dos tutores de uma cachorrinha que apareceu na casa de seu pai nas proximidades da Câmara Municipal.

Ela conta que a cachorrinha tem pelagem toda preta, aparenta ser filhote e mestiça de labrador.

"Ela está bem cuidada por isso acredito que esteja perdida", considera Marcela.

Ela pede que se alguém reconhecer a cachorrinha para que entre em contato pelo telefone (18) 98173-1698.

divulgação

Tutores procuram por gatinho desaparecido na Vila Ribeiro em Assis

Garfield tem a pelagem caramelo e escapou do quintal da família nesta sexta-feira

A família do gatinho Garfield está desesperada após o seu desaparecimento na manhã desta sexta-feira, 12 de novembro, na vila Ribeiro em Assis.

A tutora contou ao Portal AssisCity que o gato escapou do quintal de sua casa nesta manhã e não foi mais visto nas proximidades.

Garfield tem a pelagem caramelo e a tutora pede que qualquer informação seja passada no número (18) 99773-6032.
Divulgação - Garfield está desaparecido desde a manhã de sexta-feira - Foto: Divulgação
Garfield está desaparecido desde a manhã de sexta-feira - Foto: Divulgação

Tutora busca por cachorra que desapareceu no bairro Pacaembu em Assis

Nina desapareceu na noite desta quinta-feira

Luciene Lima Prates está à procura da cachorrinha Nina que desapareceu da casa da família no Bairro Pacaembu em Assis.

Luciene conta que Nina desapareceu na noite desta quinta-feira, 11 de novembro.

Ela pede que se alguém tiver informações sobre o paradeiro de Nina para que entre em contato pelo número (18) 99616-6004.

divulgação - Cachorra Nina
Cachorra Nina

Tutora busca por cachorro que desapareceu na Vila Ouro Verde em Assis

Ele está desaparecido desde a manhã da segunda-feira, 8 de novembro

Ana Helena Gomes, moradora da Vila Ouro Verde, está a procura do cachorrinho de sua família chamado Peralta, que está desaparecido desde a manhã da segunda-feira, 8 de novembro.

Ana Helena conta que ele fugiu de casa nas proximidades do Jairão, e ainda é filhote, é da raça pug e tem a pelagem toda preta.

Ela pede que se alguém tiver informações sobre Peralta para que entre em contato pelo número (18) 99629-9250.

divulgação - Cachorrinho Peralta
Cachorrinho Peralta

Tutora busca por cachorra que desapareceu nas proximidades no Terminal Rodoviário de Assis

Zara está desaparecida desde a manhã de terça-feira

Aline de Oliveira Pena, tutora da cachorra da raça pitbull Zara está a sua procura.

Aline conta que Zara desapareceu da casa da família nas proximidades do terminal rodoviário na manhã de terça-feira, 2 de novembro.

Ela pede que se alguém tiver informações sobre p paradeiro de Zara para que entre em contato com ela pelo número (18) 996789408 ou com Felipe pelo número (18) 99638-9932.

divulgação - Cachorra Zara
Cachorra Zara

Como se tornar um streamer, a profissão do momento

A possibilidade de fazer o que sabe e gosta, e ganhar dinheiro com isso, tem despertado o interesse de jovens pela profissão de streamer. Para facilitar o acesso de muitos jovens a esta carreira

Para quem está em busca de uma nova e promissora carreira, a de streamer é uma delas. De forma simples e objetiva um streamer é o profissional que produz e transmite conteúdo ao vivo em plataformas de streaming como YouTube, Twich, Mixer, Facebook, entre outras. Ou seja, um streamer pode ganhar dinheiro ensinando aquilo que sabe e ama fazer: pode ser jogos, cursos, pintura, poesia, exercícios físicos, enfim, pode falar sobre qualquer tema que domine.

A profissão foi uma das que mais cresceram durante a pandemia e vem se popularizando principalmente entre os jovens da geração Z (nascidos entre 1995 e 2015). Não só pela familiaridade com as redes sociais e a internet mas também porque dá dinheiro. "Um streamer pode ganhar até U$500 mil por mês fazendo lives. É uma área promissora e com muitas opções", afirma Jonas Onofre, professor e criador de conteúdo digital.

"Não é necessário muito recurso para se tornar um streamer. Além de dominar um tema e ser comunicativo, a pessoa precisa saber usar as ferramentas para fazer uma live. Mas é muito importante criar uma presença online e posicionamento digital", lembra o professor.

O professor esclarece a diferença entre profissões de streamer e youtuber. "Um youtuber produz conteúdo gravado. Ele tem cuidado com a filmagem, a edição e a postagem do vídeo na internet. Já o streamer transmite ao vivo. É uma profissão que ficou conhecida com a transmissão de jogos de games, mas hoje é possível abordar vários temas. E um youtuber pode ser também um streamer e vice-versa".
Bem-Estar

Como acabar com o mau hálito

5 dicas de como acabar com esse incômodo

Em 2020 foi iniciada a quarentena. Com ela, em decorrência da pandemia do coronavírus, vieram muitos cuidados que precisam ser tomados, como a utilização da máscara. Recebida e utilizada com muitas reclamações, a máscara que evita o contágio do vírus mais famoso no momento, pode, além de suor e falta de ar, evidenciar o mau hálito. Dessa vez não sentindo o de outras pessoas, mas sim o nosso, lidar com o mau hálito é uma tarefa que exige dedicação.

Em períodos em que ficamos grande tempo sem cuidar da saúde bucal, surge o terrível cheiro do mau hálito. Essa condição anormal pode variar a sua origem, de modo que é uma resposta a algo que não está correto na nossa saúde. Mesmo muito incômodo, o mau hálito afeta mais de 50 milhões de brasileiros, segundo a Associação Brasileira de Halitose (ABHA), o que evidencia a importância do olhar sobre a saúde bucal dos cidadãos do nosso país.

Ao acordar, principalmente aos que dormem com cônjuges, o mau hálito é o primeiro cheiro que sentimos. Seja da nossa boca, ou da boca do outro, esse odor pode atrapalhar muito a qualidade de vida de uma pessoa. Segundo a Dra. Cláudia Gobor, presidente da Associação Brasileira de Halitose e especialista nesse assunto, "Apesar de ser uma situação recorrente, existem algumas atitudes que podem ser tomadas para evitar o mau hálito". São elas:

- Beba bastante água: Beber 2 litros de água por dia é uma questão que a maioria dos médicos e profissionais da saúde abordam. Não à toa, é claro. A água ajuda as glândulas salivares a produzirem a quantidade de saliva adequada para a boca, de modo que ajuda a combater o mau hálito.

- Consuma frutas e vegetais: Para o corpo como um todo, ingerir alimentos saudáveis ajuda no funcionamento de muitos órgãos vitais. "Na saúde bucal, também é importante comer frutas e vegetais, já que as fibras contidas nesses alimentos são grandes aliadas na hora de acabar com o mau hálito", explica a especialista.

Tenha uma boa higiene bucal: Passar fio dental todos os dias e escovar os dentes após cada refeição é um ato muito importante para a manutenção da normalidade e boa qualidade bucal. Cuidar da saúde da boca e mantê-la sempre limpa é um fator crucial na hora de evitar o mau hálito.

- Invista em chás: Beber chás como de Boldo, Hortelã ou Gengibre também pode ajudar a combater o mau hálito. Essas bebidas ajudam na digestão e, o hortelã, por exemplo, dá ainda um cheirinho bom à boca.

- Por último, e não menos importante, a Dra. Cláudia ainda lembra que: "O comparecimento em consultas de rotina em dentistas é essencial para manter um bom hálito. Mas, se tiver alguma dúvida, você pode consultar um dentista capacitado em diagnosticar as alterações de hálito e que tenha também um aparelho para fazer a medição digital no halimeter, lá, o profissional examinará tudo o que for necessário para saber se a origem desta alteração é mais simples ou algum caso que exige mais atenção". Ter sempre na agenda algum dia para cuidar da saúde bucal, é essencial para manter um hálito saudável.

4 passos efetivos para aperfeiçoar o atendimento com o cliente

GetNinjas prepara dicas para quem quer ter mais visibilidade e conseguir mais clientes com o serviço prestado

Com os impactos causados pela pandemia no setor de serviços, a possibilidade de oferecer os serviços de forma remota acabou se tornando uma alternativa mais rentável e segura para algumas profissões. De acordo com o GetNinjas, maior aplicativo para contratação de serviços do Brasil, muitos profissionais passaram a utilizar meios digitais para anunciar os serviços e se conectar com novos clientes. Pensando nisso, o aplicativo separou quatro dicas infalíveis que podem auxiliar no processo de atendimento com o cliente para se destacar com o serviço prestado. Confira a seguir:

Analisar a situação do cliente
Ao encontrar uma pessoa interessada na contratação de um serviço ou na realização de um orçamento, a primeira atitude do profissional deve ser a de analisar os detalhes da demanda e verificar a possibilidade de solucioná-la de forma remota. No caso de profissionais como encanadores, eletricistas e pedreiros, que são procurados na solução de reparos, o recomendável é ver o grau de complexidade do conserto e, se possível, fornecer instruções para guiar o consumidor no ajuste.

Explicar condições de pagamento e de serviço
Dependendo do caso, o consumidor pode estranhar o fato de contratar um serviço remoto e para evitar um mal-entendido, o recomendável é que o profissional seja bem claro quanto ao formato da prestação de serviço. Nesse momento, é interessante pontuar a priorização da segurança, tanto pessoal quanto a do cliente. Além disso, outro tópico que deve ser explicado é a forma de pagamento, que pode ser desde transferência bancária até outros métodos de pagamentos online (como PayPal e Mercado Pago).

Data e horário agendados para a realização do trabalho
Assim como no trabalho presencial, o prestador deve alinhar uma data e horário para a prestação do serviço. Para o agendamento, o profissional pode usar ferramentas gratuitas, tais como o Google Calendar. E para a videochamada, plataformas como Hangouts e Skype são indicadas por conta da estabilidade da chamada; assim é possível trocar instruções e dúvidas em tempo real.

Seja criativo
Crises como essa podem virar oportunidades para aqueles que forem criativos. Sendo assim, o profissional autônomo pode investir em técnicas para fidelizar consumidores, seja com um atendimento ainda mais personalizado ou até mesmo um relacionamento pós-venda online diferenciado. Para chamar a atenção de clientes em potencial é válido investir tempo nas redes sociais e produzir conteúdos relevantes também.
Bem-Estar

O luto precisa ser notado, mas de que forma?

Por Felipe Laccelva, psicólogo e CEO da Fepo Psicólogos - startup que realizou 27 mil terapias online em 2020

O cenário de pandemia enfrentado pelo mundo há quase dois anos, trouxe a morte para a rotina diária da população, infelizmente. Somente no Brasil, mais de 600 mil vidas foram perdidas, grande parte destas em 2021 pelo novo coronavírus.

O luto foi e ainda é um sentimento presente na vida dos brasileiros, que é marcado como uma cicatriz que perdura ao longo da vida de qualquer pessoa. Durante este processo, o indivíduo pode vivenciar algumas fases como: a negação, raiva, depressão, barganha e aceitação. Lembrando, que nem todas as pessoas passam por essas fases e não acontece exatamente nessa ordem para todos.

Importante ter em mente que o luto é um processo individual, ainda que outras pessoas compartilhem o mesmo sentimento. Cada ser humano tem a sua própria maneira de passar por um momento difícil, principalmente quando se trata de dor emocional, desde um choro incessante até os dias que irão seguir com novas manifestações.

Quais sinais ficam evidentes?

O processo de luto conduz inevitavelmente a alterações de comportamento, impactando nas relações da pessoa em luto com os outros, no ambiente social.

Além disso, a expressão do luto pode se dar por manifestações físicas, como o choro, porém, na parte emocional, podem ser perceptíveis através de:

- Sinais de tristeza constante;
- Demonstrar irritação constante;
- Ansiedade.

O luto é silencioso?

Também há quem se comporte de maneira silenciosa. Assim, percebe-se que não há um padrão ou estereótipo para caracterizar quem esteja passando pelo luto. Ele é o reflexo da capacidade emocional de lidar com momentos difíceis. Não há certo ou errado, obrigações ou motivos de vergonha.

Reações são consideradas normais, até certo ponto, e devem ser vivenciadas para que a pessoa que sofreu a perda consiga superar e voltar a seguir a vida com hábitos saudáveis.

Como a saúde mental pode ser atingida?

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o conceito de saúde mental está relacionado ao bem-estar psicológico, ou seja, a sensação de bem-estar e harmonia interna do indivíduo. O luto é um dos diversos fatores que são capazes de abalar profundamente a mente do ser humano e seu convívio social.

Neste processo, uma das principais doenças que podem surgir é a depressão. Caso a pessoa não esteja bem e não tenha suporte, é provável que possa vir a enfrentar mais essa doença, ou até mesmo quem já tenha histórico de depressão. Por isso, é sempre fundamental o acompanhamento médico e psicológico.

O ideal é que a pessoa não deixe de manter a rotina de trabalho, convívio com a família e amigos, assim como atividades de lazer que lhe proporcionem bem-estar. A doença, ou o próprio sentimento de luto, são apenas um aspecto dentro do paciente, apesar do peso acumulado dentro de si. É importante que atividades saudáveis tenham espaço no dia a dia, e assim a mente pode distribuir a atenção para outras coisas também, aliviando o interior.

Por que o luto nem sempre está associado à morte?

O luto é compreendido, por muitos profissionais da psicologia, como uma reação à uma impactante perda. Por essa razão, em alguns casos, pode não ter ligação com a morte.

Perdas de oportunidades, experiências que não voltam mais, grandes mudanças, fins de relacionamentos, mudanças de emprego e outras situações de rompimentos drásticos ao longo da vida podem levar ao luto.
Culinária

Dia Mundial do Veganismo: 32% dos brasileiros escolhem opções sem ingrediente de origem animal

Pesquisa encomendada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) mostra importância de atender a demanda dos consumidores mais conscientes. Para facilitar escolha, certificação Selo Vegano garante procedência dos produtos

Pesquisa encomendada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) mostra importância de atender a demanda dos consumidores mais conscientes. Para facilitar escolha, certificação Selo Vegano garante procedência dos produtos

Desconhecido anos atrás, o termo "vegano" é presença constante hoje em cardápios, embalagens de alimentos, produtos de beleza e até mesmo limpeza da casa e vestuário. A sinalização com a palavra "vegano" virou um atrativo visando um público crescente no Brasil, que comemora em 1º de novembro o Dia Mundial do Veganismo.

Realizado neste ano, um estudo encomendado pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) e realizado pelo Inteligência em Pesquisa e Consultoria (IPEC) apontou que 32% das pessoas escolhem opções veganas quando elas estão destacadas pelo estabelecimento - quase um em cada três brasileiros.

Na alimentação, o veganismo é praticado por refeições à base de plantas, sem nenhum tipo de carne (sejam de bois, porcos, frangos, peixes, frutos do mar), ovos e leite. A SVB salienta que, ao oferecer opção para este público, o restaurante contempla também uma fatia enorme de pessoas em busca de escolhas mais saudáveis e sem crueldade animal, como os vegetarianos e os flexitarianos (pessoas que reduzem por vontade própria o consumo de carnes e derivados de produtos animais).

Atualmente, os consumidores, veganos ou não, são mais exigentes em relação ao que compram e os produtos sem ingredientes de origem animal estão ganhando cada vez mais atenção. Especialistas na leitura de rótulos, os veganos contam com iniciativas como o programa Selo Vegano, da SVB, para garantirem que o item comprado seja composto somente de base vegetal. Em 8 anos de existência, mais de 3 mil produtos de 160 empresas foram certificados, com opções de sorvetes, chocolates, balas, salgadinhos, hambúrgueres, leites, entre outros, todos 100% vegetais. O selo está presente também em cosméticos, calçados e produtos de limpeza e deve ser solicitado pelas empresas pelo site do programa (www.selovegano.com.br).

Para a SVB, atender a essa tendência crescente não deve ser encarado como um desafio difícil, mas sim uma conquista à mão de todos estabelecimentos e empresas. Os pratos com combinações tradicionais e ingredientes facilmente encontrados em feiras e mercados, como o arroz e o feijão, fazem parte das refeições veganas. E, para quem deseja ousar mais e oferecer um sabor semelhante ao da carne, já existem diversas opções nos supermercados, que vão desde sabores que remetem ao hambúrguer bovino a pedaços de frango e peixes como o atum. Marcas locais aquecem o mercado vegano em capitais e cidades do interior, onde produtos à base de vegetais desenvolvidos por grandes empresas já estão presentes.

"Há uma oportunidade gigantesca para as marcas que tiverem bons produtos veganos nos seus portfólios. É um mercado que vem crescendo por conta de uma maior consciência dos consumidores com relação àquilo que vão consumir", explica o presidente da SVB, Ricardo Laurino.

Protetora busca lar responsável para cachorra abandonada em Assis

Cachorrinha é idosa e será castrada na quarta-feira, 27

A protetora de animais Terezinha, está em busca de um lar responsável que possa adotar uma cachorrinha abandonada nas proximidades do Parque Bambu.

Segundo a cuidadora a cachorra passará por castração na quarta-feira, 27 de outubro, e após isso precisará de uma família para adotá-la.

Divulgação - Cachorra será castrada neste quarta-feira, 27 - Foto: Divulgação
Cachorra será castrada neste quarta-feira, 27 - Foto: Divulgação


"Hoje nós temos um lar temporário para ela, mas após a castração a pessoa não poderá acolher ela, e precisamos que alguém de carinho e uma nova chance para ela", explicou Terezinha.

A cachorrinha já é idosa e para adotar ou ajudá-la a encontrar um lar, basta entrar em contato com Paula pelo (18) 99646-3887.

Tutora busca por cães que fugiram por causa da chuva no bairro CECAP em Assis

Nina e Bob fugiram neste domingo

Simone Suzeli dos Santos, tutora dos cachorros Nina e Bob está a procura dos animais que fugiram de casa no bairro CECAP neste domingo, 24 de outubro.

Ela conta que eles se assustaram com a chuva deste domingo e estão desaparecidos desde então.

Bob e Nina são da raça Lhasa Apso.

Simone pede que se alguém tiver notícias dos animais para que entre em contato pelos telefones (18) 99804-1610 e (18) 99731-3335.

divulgação - Bob e Nina
Bob e Nina