25 de Setembro de 2022
20º/30º
Notícias - Tecnologia

Web 3.0: o que é isso e como impactará o futuro?

Os avanços da tecnologia mudaram o mundo. Desde o surgimento de aplicativos, até a interconectividade em tempo real entre pessoas e empresas, tudo isso foi desenvolvido com o objetivo de aprimorar a rede. Recentemente, uma nova tecnologia promete revolucionar mais uma vez a rede de internet mundial: a Web 3.0.

A Web 3.0 tem como principal objetivo reestruturar a maneira pela qual os conteúdos são distribuídos online. Também conhecida como web semântica, ou web inteligente, muitas polêmicas já surgiram sobre esse tema. A verdade é que, querendo você ou não, o conceito da Web 3.0 está presente em sua vida, e conhecê-lo é importante para você se preparar para o que está por vir.



Menor centralização de informações

Um dos pilares da Web 3.0 é permitir que o acesso a diferentes conteúdos seja obtido com base no conteúdo em si, e não em um servidor específico. A ideia é que os usuários possam encontrar o conteúdo desejado de diferentes fontes. Dessa forma, os dados não ficariam centralizados em um único servidor.

A Web 3.0 tem conceitos similares ao das criptomoedas. Em um cassino Bitcoin, por exemplo, a criptomoeda usada para jogar roleta e blackjack não é de responsabilidade de nenhuma empresa, ou governo. Ao contrário dos dólares, que são geridos pelo Federal Reserve (FED), o Banco Central dos Estados Unidos, as Bitcoins são descentralizadas.

O mesmo conceito de descentralização é usado para a Web 3.0. Dessa maneira, os usuários têm acesso a conteúdos com base na disponibilidade deles em toda a internet, não apenas com base na disponibilidade que um único servidor pode oferecer. Com isso, diferentes conteúdos ficarão muito mais acessíveis do que o modelo usado na Web 2.0.

Web 3.0 promete maior velocidade de navegação

Outro diferencial que a Web 3.0 pretende trazer para o mercado é o de servir como uma plataforma que gere resultados mais rápidos para pesquisas online. O sistema de organização das informações será totalmente diferente de como ela é disponibilizada atualmente, permitindo que os resultados das pesquisas sejam mais eficientes.

A Web 3.0 também se estenderá para os dispositivos móveis. Portanto, independentemente de o usuário navegar usando um computador, ou smartphones, será capaz de encontrar a informação que precisa da maneira mais eficiente possível. Algumas empresas já investem em soluções com base nessa nova tecnologia.

Como se preparar para a Web 3.0

A melhor forma de se preparar para a Web 3.0 é aceitar as práticas que serão estabelecidas por essa tecnologia. Ou seja, adaptar-se com esse novo conceito de que os conteúdos não serão mais centralizados. Como qualquer nova tecnologia, há barreiras e questões que precisam ser vencidas pelos usuários.

O uso de criptomoedas, por exemplo, permite que você se acostume com o uso da tecnologia blockchain, e de como as informações são armazenadas e compartilhadas entre os usuários. Em um primeiro momento, pode parecer algo complexo. Entretanto, com o passar do tempo, a tendência é que você se acostume com essa tecnologia e esteja ainda mais preparado para a chegada da Web 3.0.
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM