28 de Junho de 2022
20º/30º
Notícias - Local

Dia Mundial da Abelha: Apicultor de Assis destaca a importância delas para a humanidade

"Sem abelhas não haveria polinização, sem polinização não há reprodução, sem reprodução não há alimento e sem alimento não haveria raça humana", diz Nivaldo

Nesta sexta-feira, 20 de maio, é comemorado o dia mundial das abelhas. E com isso, o portal AssisCity, entrou em contato com o Apicultor e protetor desses insetos para falar sobre a importância delas para a humanidade.

Muitas pessoas não entendem o significado de proteger as abelhas, e a data, criada pela Organização das nações Unidas (ONU), foi justamente para realçar a dependência do mundo em relação a isso e a necessidade de conservação desses polinizadores.

Nivaldo dos Santos, tem 52 anos, é morador de Assis, e há mais de 10 anos desenvolve um trabalho com abelhas como apicultor. Um trabalho que envolve paciência, proteção e muito amor.

Divulgação - Apicultor Nivaldo dos Santos, 52 anos
Apicultor Nivaldo dos Santos, 52 anos


Nivaldo tem um apiário onde trabalha aos finais de semana, criando as famosas abelhas africanizadas, também conhecida coloquialmente como "abelha assassina". Nivaldo conta que quando se fala em abelha, as pessoas entram em pânico, quando na verdade o inseto é do bem.

Divulgação - Nivaldo dando palestras sobre apicultura
Nivaldo dando palestras sobre apicultura


"A abelha é um inseto do bem, no Brasil temos mais de 300 espécies de abelhas sem ferrão e infelizmente a maioria dos brasileiros não tem essa cultura de conviver com as abelhas, sem criar um certo pânico, imaginando logo o ferrão", diz.

Importância das abelhas

O apicultor explicou a importância da data: "É uma data voltada para a questão da polinização, quando se fala em abelha, logo se pensa em mel e a impressão que dá, é a de que a abelha é exclusivamente melífera, quando na verdade estão todos enganados, a importância vai além das expectativas do ser humano", desabafa.

"O principal trabalho da abelha fora da sua colônia é a polinização, e quando ela desenvolve esse trabalho, na verdade está preservando a vida, porque através da polinização a abelha ajuda a natureza, criando vida. Ela leva o polén de uma flor para outra, o que cria os frutos, da onde vem a maior parte da nossa alimentação", comenta.

Nivaldo conta que luta diariamente, para que se crie uma nova mentalidade sobre a relação do homem x abelha, que as pessoas procurem conhecer mais sobre seu trabalho e a importância da existência desses insetos.

"A abelha representa seguramente 80% pra mais na responsabilidade da polinização. Sem abelhas não haveria polinização, sem polinização não haveria reprodução, sem reprodução não haveria alimento e sem alimento não haveria a raça humana", diz.

Homem x Abelha

O apicultor acredita que em um contexto geral, criou-se um pânico em relação a esse convívio e que luta todos os dias para que isso seja desmistificado, porque as abelhas não atacam e sim se defendem quando algo não parece certo.

"Eu me lembro, quando fui recolher um enxame em uma escola, e as pessoas estavam desesperadas, olhando pelo vidro, trancada dentro das salas, todas "assombradas". Eu cheguei, preparei o equipamento, e com muita tranquilidade, passei elas para dentro de uma caixa e devagar todos saíram para fora e após entender foram perdendo o medo", conta Nivaldo.

Divulgação - Nivaldo fazendo resgate de abelhas em uma escola de Assis
Nivaldo fazendo resgate de abelhas em uma escola de Assis


Ele ainda pede a proteção e cuidado com as abelhas: "devemos respeitar o espaço, sem medo, não achar que não é perigosa, porque é, mas ela está no ambiente dela e se souberem como conviver, o risco é menor e para isso precisa ter conhecimento, buscar saber mais sobre isso", comenta.

Divulgação - Resgate de abelhas por Nivaldo
Resgate de abelhas por Nivaldo


Preservação e proteção

Nivaldo deu dicas sobre como preservar as abelhas, para que não haja extinção dos insetos no nosso país.

Para preservar e proteger esses polinizadores é necessário:

- Plantar mais árvores de diversas espécies;
- Comprar mel natural e incentivar os produtores; fortalecer essa cadeia na região e ajudar apicultores que realmente protegem os insetos;
- Evitar veneno, pesticidas, herbicidas, principalmente em jardins que tem flores;
- Não tacar fogo ou jogar veneno em um enxame, chamar um profissional ou ligar para a secretaria do meio ambiente de sua cidade.

Divulgação - Quintal da casa de Nivaldo
Quintal da casa de Nivaldo


E por fim, o apicultor realça a importância da abelha para a sustentabilidade e sobre como o incentivo das autoridades e população podem ajudar na preservação.

"A maior dica é de que as escolas poderiam adotar as colônias de abelhas sem ferrão em seus jardins, para que se trabalhasse a educação ambiental e futuramente nossas crianças olhassem para a questão ambiental de outra forma", diz.

Divulgação - A captação de recursos para manter o projeto de Nivaldo é através da venda do mel e própolis
A captação de recursos para manter o projeto de Nivaldo é através da venda do mel e própolis


"Que o dia de hoje possa ser um dia voltado realmente para importância dessa espécie tão maravilhosa, que traz para nós, favorecimento humano e econômico", concluiu Nivaldo.

Entre em contato com o Apicultor e saiba mais.

WhatsApp: (18) 99667-9405.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM