26 de Setembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Músico de Assis, filho do professor Dadão, precisa de ajuda para fazer bariátrica e cirurgia de hérnia

Edmar precisa perder 40 kg para operar uma hérnia extensa que o impossibilita de ter uma vida saudável

Edmar Gomes Junior, professor de música, está passando por sérios problemas de saúde. Ele precisa fazer duas cirurgias para que possa voltar a ter uma vida saudável e laborativa.

Sua história teve início em 2008, quando teve a primeira hérnia abdominal e por não ter cuidado aumentou muito de tamanho. A obesidade é outra luta para Edmar, que conta ter feito dieta alimentar a vida toda e agora precisa emagrecer 40 quilos para ser submetido à cirurgia da hérnia.

Edmar, para perder peso, precisa passar pela cirurgia bariátrica, que pretendia fazer pelo SUS, mas em decorrência da pandemia do novo Coronavírus, foi suspensa e ele não pode mais esperar, decidindo assim fazer pela rede particular. Essa decisão levou Edmar e sua irmã a promoverem uma vaquinha online para arrecadar dinheiro para custear os procedimentos.

"Primeiramente, meu pensamento era fazer a bariátrica pelo SUS e a cirurgia da hérnia no particular. Eu tinha até conseguido a bariátrica, mas depois da pandemia tudo desandou. Os médicos não arriscam fazer as duas cirurgias pelo tamanho da hérnia, está muito complicado", lamenta Edmar.

Divulgação - Edmar Gomes Junior, professor de música em Assis
Edmar Gomes Junior, professor de música em Assis


O único lugar em que Edmar encontrou médicos dispostos a fazerem os dois procedimentos foi em um hospital particular na cidade de Curitiba, Paraná, que custam R$ 19 mil. A arrecadação através da vaquinha online é a única alternativa no momento para que Edmar volte a sorrir.

"Somos filhos do professor Dadão, muito conhecido em Assis. Fizemos parte da história de bandas e fanfarras nos anos 70, 80. Meu pai era professor de educação física e instrutor. Meu irmão herdou o dom e comandou fanfarras e bandas. Teve também escola de samba, e seria gratificante vê-lo sorrir novamente. Por isso, estamos fazendo essa vaquinha online", conta Silvia, irmã de Edmar.

Edmar revela que está muito confiante em receber apoio de amigos e da comunidade de Assis e seu maior desejo é retomar a vida que tinha antes.

"Eu sempre fui acostumado a estar na rua, já dei aula de música, cuidei de escola de samba, toco instrumentos musicais e hoje não consigo fazer nada. Meu sustento tem vindo da minha venda de ovo de codorna na conserva", conta Edmar, que agradece a todos que puderem ajudar, pois "essa é uma fase difícil da minha vida, mas que estou tentando superar", finaliza Edmar.

Para ajudar Edmar, você só precisa acessar o link www.vakinha.com.br/vaquinha e fazer sua doação.

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM