12 de Maio de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Proibição de eventos e aumento na concorrência durante pandemia afetam renda de catadores de latinhas

Maior número de pessoas aderiu à atividade para renda extra

Antes da pandemia de COVID-19 era comum encontrar catadores de latinhas em eventos com aglomeração. Essa atividade sempre foi sustento para muitos, porém, desde março de 2020, essas pessoas sentem a dificuldade de garantir o sustento diário.

Em contato da reportagem do Portal AssisCity com Elaine Gomes, proprietária da Tiziu Latinha, foi informado que houve uma queda esperada da quantidade de latinhas que chegam até a empresa, mas, por outro lado, houve um aumento de pessoas interessadas na atividade.

"Sem as festas, caiu o número de produtos que chegam até nós, porém, houve um aumento muito grande de pessoas que procuram essa atividade, independente de estarem empregadas ou desempregadas", explica Elaine.

Outro fator comentado por ela foi sobre a quantidade de latinhas que as pessoas costumam trazer atualmente. Houve queda, visto que mais pessoas aderiram à atividade para garantirem uma renda extra.

"Se antes a pessoa trazia 4 quilos, hoje em dia ela vem com 2 quilos. Isso ocorre pelo motivo dela ter mais concorrência e menos locais onde pessoas consomem bebidas em latas", finaliza Elaine.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM