08 de Fevereiro de 2023
20º/30º
Notícias - Local

Quatro empresas com unidades na região estão entre as maiores do agro brasileiro, de acordo com a Forbes

A quarta edição da Forbes Agro100, que está disponível ao público em geral, listou as 100 maiores empresas do agronegócio brasileiro em 2022

A revista Forbes disponibilizou recentemente a quarta edição da Forbes Agro100. Uma lista com as 100 maiores empresas do agronegócio que reforça a importância desse setor na formação do PIB brasileiro. Com base no material, as empresas faturaram juntas R$ 1,38 trilhão em 2021.

Principal fabricante de etanol de cana-de-açúcar do Brasil e maior exportadora de açúcar de cana, a Raízen é uma joint venture entre a Cosan e a Shell do Brasil. Possui 35 unidades produtivas e uma ampla rede de distribuição de produtos, mais de 7,9 mil postos de serviço da marca Shell, 70 terminais de distribuição e 70 aeroportos. A empresa ocupou o 11° na lista da Forbes.

divulgação - Empresa Raízen - Foto: Divulgação/Internet
Empresa Raízen - Foto: Divulgação/Internet


Fundada por uma cooperativa de cultivadores de beterraba no noroeste da França para produzir açúcar, a Tereos é a terceira maior empresa de açúcar e etanol do mundo. No Brasil chegou em 2002 quando comprou a Açúcar Guarani. A empresa ocupou a 18° colocação no ranking.

divulgação - Empresa Tereos - Foto: Divulgação/Internet
Empresa Tereos - Foto: Divulgação/Internet


A Açucareira Quatá, também conhecida como Zilor Energia e Alimentos, é uma das principais empresas do setor sucroenergético. Emprega 3,5 mil pessoas e produz açúcar, etanol e energia elétrica limpa e renovável. Também atua com ingredientes naturais por meio da unidade Biorigin, especializada em alimentação humana e nutrição animal. A empresa ficou na 58° colocação.

divulgação - Empresa Zilor Energia e Alimentos - Foto: Divulgação/Internet
Empresa Zilor Energia e Alimentos - Foto: Divulgação/Internet


Há mais de 40 anos no mercado sucroenergético nacional, a Cocal Comércio Indústria Canaã Açúcar e Álcool, ou só Cocal, produz sua própria cana -de-açúcar e elabora açúcar, etanol, energia elétrica, biogás, CO2 verde (food grade) e levedura. A companhia tem 142 mil hectares sob gestão, capacidade de moagem de 8,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por ano, que levam à produção de 720 mil toneladas de açúcar, geração de 470 GWh de energia elétrica para exportação e 400 milhões de litros de etanol. A empresa ficou na 75° colocação na lista da Forbes.

divulgação - Empresa Cocal Comércio Indústria Canaã Açúcar e Álcool - Foto: Divulgação/Internet
Empresa Cocal Comércio Indústria Canaã Açúcar e Álcool - Foto: Divulgação/Internet


Nesta quarta edição da Forbes Agro100, a elaboração do conteúdo contou com o apoio da empresa de classificação de riscos S&P Global Market Intelligence. Confira a lista completa aqui.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM