02 de Dezembro de 2021
20º/30º
Notícias - Região

Justiça decreta prisão preventiva de major da PM preso por pornografia em Bauru

Major foi preso em flagrante na ultima sexta-feira

A Justiça de Bauru decretou na sexta-feira (8), a prisão preventiva do major da Polícia Militar Marcelo Ricardo Silva, 48 anos, preso em flagrante por posse de material considerado pornografia infantil durante uma operação da Polícia Civil na quinta-feira (7).

A operação apreendeu um notebook, oito HDs externos e três celulares no apartamento em que o policial mora em Bauru.

Recolheu ainda uma pistola calibre 7.65 com acusação de posse irregular de arma de fogo, 25 cartuchos intactos e dois carregadores.

Segundo o boletim de ocorrência sobre o caso, o policial apresentou o registro de uma arma com numeração M07442, mas a arma que ele tinha apresentava numeração diferente e não foi encontrado seu registro.

Apesar de morar em Bauru, o policial - promovido a major em maio deste ano - atuava em cidades daquela região, como Botucatu e mais recentemente em Jaú.

"Armazenados em um dos HDs externos diversos vídeos e imagens de conteúdo pornográfico infantil, foi acionada a polícia técnica cientifica, a qual esteve no local e constatou o armazenamento de vídeos e fotografias de conteúdo pornográfico infantil", diz o registro do caso.

O comando do 4º batalhão da PM acompanhou a operação e a prisão por se tratar de caso com envolvimento de policial militar. A prisão em flagrante foi convertida em prisão preventiva por ordem da 2ª Vara criminal de Bauru.

O major foi levado para o presídio Romão Gomes, que recebe policiais acusados ou condenados por envolvimento em crimes.

O processo com a ordem de prisão tramita em segredo de Justiça. O major é casado e foi preso em um apartamento no jardim Bela Vista.


Giro Marília
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM