08 de Março de 2021
20º/30º
Notícias - Região

Posto lacrado por venda adulterada de combustíveis retoma atividades e recebe nova visita da PM em Marília

Procon recebeu denúncia de que o estabelecimento voltou a funcionar, contrariando medida de fechamento, e acionou a PM. Equipe foi até o local e encontrou três funcionários trabalhando.

O posto de combustíveis de Marília (SP) que teve as bombas de gasolina e etanol lacradas por suspeita de adulteração retomou as suas atividades de forma irregular neste ano e voltou a ser alvo da Polícia Militar, após uma denúncia recebida pelo Procon.

O local que fica na Avenida Tiradentes, área nobre da cidade, teve a sua inscrição estadual cassada depois de operação realizada pelo Procon junto com a Secretária da Fazenda do Estado e a Polícia Civil, que comprovou a adulteração.

Diante da situação, foi determinada a proibição da venda de combustíveis no estabelecimento e as bombas de gasolina e etanol foram lacradas e adesivadas.

No entanto, neste ano, o posto voltou a funcionar e, mais uma vez, o Procon recebeu uma denúncia e acionou a Polícia Militar para verificar a veracidade do relato recebido.

Policiais militares foram ao estabelecimento e, ao chegarem no local, identificaram que três funcionários estavam trabalhando no posto.

Ainda segundo a PM, os funcionários disseram que o gerente havia informado que a situação do posto já estava regularizada, autorizando o retorno das atividades.

Durante a fiscalização, os policiais apreenderam a máquina de cartão utilizada no estabelecimento e, por meio de uma reimpressão, comprovaram a comercialização de combustíveis. O caso está sendo investigado pelas autoridades competentes como crime contra a ordem econômica.
G1 - Bauru e Marília
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM