24 de Fevereiro de 2020
17º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Aluna da ETEC de Cândido Mota é classificada para final da Olimpíada de Língua Portuguesa

A final da olimpíada será realizada no dia 9 de dezembro

Neste mês de novembro, a aluna Vitória Vieira Pereira de Jesus e o professor de Literatura, Gramática e Redação, Alexandre Marroni, participaram em São Paulo de um encontro e da premiação dos semifinalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa.

Vitória é aluna da ETEC Professor Luiz Pires Barbosa, de Cândido Mota. Ela teve seu texto, intitulado 'Os fins não podem justificar os meios’, selecionado pela comissão organizadora e disputará a final da Olimpíada no dia 9 de dezembro.

O professor explica que participaram do encontro e das semifinais 65 professore e alunos de todo o país, que passaram três dias na capital paulista participando de oficinas de aprimoramento e escrita de novos textos.

"Os professores produziram podcasts contando sua experiência como escritor e leitor, enquanto os alunos produziram outro artigo de opinião, tendo como tema a Amazônia. O artigo foi usado como parâmetro para comparar com o texto que está concorrendo, servindo para a verificação de autoria", considera.

Marroni conta que durante a cerimônia de premiação foram escolhidos os 20 melhores participantes que receberam medalhas de prata.

"Por estarmos entre os 20 melhores do país, recebemos como premiação um vale compras de livros e um leitor digital Kindle cada um. Independente do prêmio, o reconhecimento que recebemos já nos deixa muito felizes. Estar entre os 20 melhores trabalhos do país é uma conquista para nossa cidade, nossa escola e para nós também", conta.

Leia mais: Aluna da ETEC de Cândido Mota está nas semifinais da Olimpíada de Língua Portuguesa

Agora, professor e aluna se preparam para a grande final da competição.

"Nos dias 8 e 9 de dezembro iremos novamente até São Paulo participar da final da Olimpíada, que escolherá os quatro melhores trabalhos. Os medalhistas de ouro ganharão viagens, enquanto o professor ganhará uma viagem internacional para o destino que escolher. Já o aluno ganha uma viagem nacional também para o local de sua preferência", adianta.

O professor ressalta que o tema abordado por Vitória é de grande relevância para todo o país, pois trata da liberação do uso de novos agrotóxicos, se tornando uma questão ambiental e de saúde pública.

"A Vitória se declara contra a liberação de novos agrotóxicos, pois falta fiscalização. Ela entende a importância do uso dos agrotóxicos nas plantações, pois colabora para o progresso do país, mas ressalta todos os malefícios que novos agrotóxicos podem causar ao meio ambiente e à saúde da população", conclui.

divulgação - Na premiação realizada no dia 19 de novembro, a aluna Vitória e o professor Marroni receberam a medalha de prata
Na premiação realizada no dia 19 de novembro, a aluna Vitória e o professor Marroni receberam a medalha de prata


Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM