28 de Outubro de 2021
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Sonho Americano: Como conseguir um estágio nos USA?

Confira dicas e orientações para conseguir o tão sonhado emprego na terra do tio Sam

A ideia de viver o "sonho americano" não é algo que ocorre só nos filmes de Hollywood, cada vez mais brasileiros vão em busca de oportunidades fora do país, pois além de adquirir uma boa experiência na sua área em uma empresa estrangeira, ao mesmo tempo conseguem vivenciar uma outra cultura. O que é bem compreensível, já que essa experiência é de extrema importância tanto para o crescimento profissional quanto pessoal do estudante.



Contudo, é preciso deixar claro que existem regras e exigências bem específicas, pois não há muitos países que abrem suas portas para que estrangeiros possam estagiar por lá de forma remunerada. "O governo dos Estados Unidos é um dos únicos no mundo que permite tal experiência para estrangeiros. Além do mais, receber um alto salário não deve ser prioridade do candidato, tendo em vista que o objetivo a ser alcançado é outro." - destaca a empresária Arleth Bandera, brasileira que hoje vive nos EUA e é CEO da agência Eagle Intercâmbio.



Além de ter a oportunidade de aperfeiçoar o inglês, de acordo com a especialista, neste tipo de intercâmbio a pessoa terá a chance de desenvolver várias habilidades profissionais, vivenciando o cotidiano dentro de uma empresa norte-americana, e ainda poderá conhecer pessoas de diversas regiões do planeta. "Para poder participar de um programa de estágio nos Estados Unidos é necessário que o intercambista seja um estudante de graduação, pois só assim é possível se tornar um estagiário ou trainee." - explica. No entanto, caso já tenha se graduado em algum curso, só é possível se aplicar para o programa se ainda é recém-formado, com a colação de grau realizada nos últimos 12 meses.



Todo o processo seletivo envolvendo as empresas e os candidatos é realizado no Brasil, e o estudante já sai daqui sabendo onde irá trabalhar. "Geralmente o tempo do programa é de até 12 meses, porém é possível estender a duração do mesmo por mais 6 meses. Contudo, depois disso não é possível prolongar mais a sua permanência em território norte-americano, tendo em vista que esse é o tempo máximo de estadia que o visto necessário para estagiar permite." - pontua.



Existem diversas áreas do conhecimento que permitem a aplicação, dentre elas: Negócios; Engenharia; Turismo e Hospitalidade; Mídia e Comunicação; Direito e Administração Pública; Serviço Social, além de outras. E para poder se aplicar para um estágio os Estados Unidos, Alerth Bandera pontua que não existe uma idade certa, o único pré-requisito é que somente pessoas maiores de 18 anos podem participar do programa. "Há também uma idade limite que pode variar de acordo com o programa escolhido, então é bom que o participante fique atento quanto a isso." - finaliza.
Divulgação
Eagle intercâmbio
A Eagle intercâmbio é uma startup localizada no Vale do Silício (Califórnia), sendo a primeira agência de intercâmbio feita totalmente por brasileiros na região. Com clientes oriundos de diferentes localidades, a presença física da equipe da Eagle nos Estados Unidos, único destino atendido pela agência, permite com que a empresa dê suporte em tempo real, aos seus alunos, entendendo e identificando as necessidades de cada um deles. Dessa forma, a startup faz parte de um seleto grupo de agências, com um dos maiores índices de aprovação de vistos para alunos brasileiros, carregando em sua trajet
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM