08 de Julho de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

FEMA mantém planejamento acadêmico com atividades acompanhadas

As atividades acompanhadas começaram na segunda-feira, 23 de março, e será cumprida durante a suspensão das aulas presenciais por causa do Coronavírus

A Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) começou a oferecer, nesta segunda-feira, dia 23 de março, as atividades acompanhadas a todos os alunos de seus 11 cursos de graduação, já que as aulas presenciais estão suspensas, de acordo com decreto estadual, por conta da pandemia de coronavírus. Professores e alunos estão cumprindo o planejamento acadêmico proposto para o ano letivo, por meio do ambiente online Moodle, por onde as pessoas estão conectadas, tendo aulas, fazendo provas e trabalhos e acessando todo o material disponibilizado pelos professores.

Colocar o conteúdo dos cursos em ambiente digital, pela plataforma Moodle, foi a alternativa que a FEMA encontrou para manter suas atividades em pleno funcionamento durante o período de cuidado para prevenção da Covid-19, a pandemia que assola todo o mundo. A decisão de manter o calendário e planejamento acadêmico de 2020 por meio das atividades acompanhadas foi tomada em reunião da Congregação do Instituto Municipal de Ensino Superior de Assis (IMESA), dia 17 de março de 2020, que contou com a presença de todos os coordenadores dos 11 cursos de graduação, bem como representantes dos alunos e de outras esferas da instituição.

divulgação - Os alunos de todos os cursos da FEMA estão recebendo as atividades acompanhadas
Os alunos de todos os cursos da FEMA estão recebendo as atividades acompanhadas


Com as atividades acompanhadas, provavelmente não seja necessária a reposição de aulas ao final desse período de suspensão de atividades e que, por isso, o calendário acadêmico não seja afetado. As aulas presenciais, que estão suspensas desde o dia 17 de março de 2020, foram fixadas inicialmente por 30 dias, mas este prazo pode ser prorrogado, assim como a nova modalidade de atividades acompanhadas, dependendo das novas orientações das autoridades de saúde e também políticas do país.

Segundo o diretor do IMESA, Gerson José Beneli, a FEMA está preparada tecnologicamente para isso e a instituição seguiu todas as normas e portarias estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), que definiu como que as atividades acompanhadas deveriam ser feitas durante esse período de pandemia. "Nós temos a expectativa de que tudo isso ocorrerá de forma muito tranquila e não vejo grandes dificuldades em relação à aplicação da modalidade em nossos cursos neste momento”, diz o diretor do IMESA.

Beneli explica ainda que avaliações também serão feitas e que os alunos que já começaram as atividades estão satisfeitos com a medida tomada pela FEMA: "Nós faremos também algumas avaliações, isso é perfeitamente possível. Desde semana passada alguns alunos já vêm tendo essas atividades nesta modalidade e a gente têm recebido um retorno de que eles estão muito satisfeitos e contentes. Tive a notícia de que alunos da Fisioterapia também tiveram aulas com essa nova metodologia e ficaram muito satisfeitos”. O diretor também ressalta que "esperamos que isso tudo passe logo, para que possamos retomar brevemente as nossas atividades normais”.

A aluna Eloísa Santana Barbosa, de 20 anos, estudante do 3º ano de Publicidade e Propaganda da FEMA, prova o feedback que o professor Gerson está tendo dos alunos. "É bom estar fazendo alguma coisa neste momento de pandemia, porque assim não perdemos conteúdo e muito menos tempo”, fala Eloísa.

Assessoria FEMA
+ VEJA TAMBÉM