22 de Setembro de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Vereadores votam contra projeto que instituiria Dia de Luta contra a LGBTFOBIA em Assis

Projeto de Lei N° 75/2021 foi apresentado pela vereadora Viviane Del Massa

O Projeto de Lei que institui o Dia de Luta contra a LGBTFOBIA no Município de Assis, de autoria da vereadora Viviane Del Massa Martins, foi rejeitado por 12 votos na 31ª Sessão Ordinária dessa segunda-feira, 13, tendo como votos favoráveis apenas o seu próprio e do vereador Fernando Sirchia.

A proposta era incluir o dia no calendário oficial de eventos do Município de Assis, com atividades para conscientização, prevenção, orientação e combate à LGBTfobia, com olhar diferenciado para a tolerância e respeito ao próximo, independentemente de sua orientação sexual ou identidade de gênero, por meio de implantação de campanhas, políticas públicas, programas e projetos.

De acordo com o projeto, que foi rejeitado, era de responsabilidade do Poder Público realizar ações e debates contra a LGBTFOBIA, garantindo os direitos para a promoção da cidadania plena de gays, lésbicas, bissexuais,travestis e transexuais.

O assisense Thiago Colzini, que luta pela causa no Município, concedeu entrevista ao Portal AssisCity e se posicionou sobre a decisão tomada pela Câmara na noite de segunda-feira.

"Nós queríamos informação, passar informação sobre a luta LGBTQI+, a luta que enfrentamos diariamente, queríamos que a população entendesse que sofremos, que somos agredidos física, verbalmente e psicologicamente, mas, infelizmente a bancada conservadora do nosso Município nos coloca distante dos direitos que deveríamos ter", relatou Thiago.

Divulgação - Thiago Colzini
Thiago Colzini


Além da entrevista, Thiago acompanhou ao vivo a votação na Câmara e em suas redes sociais desabafou sobre vereadores que argumentaram contra o projeto.

"Falar que queremos sexualizar as crianças é ridículo, nós queremos passar informação. Mas que eles também não se esqueçam que nós, LGBTs, somos eleitores, também vamos às urnas e escolhemos quem nos representa", finalizou o jovem.

O projeto tramitava na Câmara desde o dia 30 de junho de 2021.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM