19 de Outubro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Adriano de Maceda, candidato em Tarumã, promete política diferenciada

Seu objetivo era a vereança, mas decidiu em um último momento se apresentar como terceira opção a prefeito

Nesta quinta, o Portal AssisCity e a Rádio Difusora deram continuidade à série de entrevistas com candidatos às prefeituras da região. Com o professor Elielton do Portal AssisCity e Gerônimo Paes da Rádio Difusora, a jornada recebeu Adriano de Maceda, candidato a prefeito de Tarumã. A entrevista teve um tempo menor devido ao atraso do entrevistado.

Adriano acredita que ingressou na candidatura por perceber que o povo quer mudanças e compreende que o Município possui grande potencial para o crescimento.

Seu objetivo era a vereança, mas decidiu em um último momento se apresentar como terceira opção a prefeito."Eu queria ser vereador, mas decidi pela oportunidade de ser candidato a prefeito. Entrei como terceira opção para Tarumã, para fazer uma política diferenciada. Sempre são os mesmos", justifica.

Divulgação


O candidato afirma que se eleito não terá perseguição e ataca a política local. "A maioria que está no poder não faz nada" diz.

Após fazer duras críticas a respeito dos grupos políticos, Adriano deixou em aberta a participação de pessoas ligadas a esses grupos em seu possível governo, pois objetiva o diálogo e o trabalho pela vontade do povo com um grupo capacitado. "Olha, pode. Pode ser que uns sim e outros não. Vou analisar como eles estão", promete.

No que diz respeito à Educação, Maceda projeta uma inovação pedagógica para melhorar a qualidade de ensino e discorda das diretrizes pedagógicas do Estado de São Paulo, afirmando ser desnecessário o debate de igualdade de gênero e combate ao racismo. "Talvez vocês vão tocar no tema de racismo e de gênero. É uma coisa desnecessária. A família é constituída com homem e mulher. A cartilha do Estado vem o tal do gênero para poder camuflar isso", afirma.

Divulgação - Adriano Maceda, candidato a prefeito de Tarumã
Adriano Maceda, candidato a prefeito de Tarumã


O candidato utiliza a religião para justificar sua fala: "O Estado muitas vezes inventa coisas que não existem, para nós que conhecemos a palavra, o cristão não pode aceitar uma coisa dessa".

A série de entrevistas continua nesta sexta com Oscar Gozzi, candidato a prefeito de Tarumã.
Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM