12 de Maio de 2021
20º/30º
Notícias - Região

Halo lunar é registrado no céu do interior de SP

Fenômeno registrado em Bauru e Promissão é formado por cristais de gelo e é causado pela refração da luz do sol refletida pela lua, que bate nos cristais de gelo, desvia e forma o círculo no céu.

Um fenômeno astrológico foi registrado no céu de Bauru (SP) e Promissão na noite de sábado (24). O "halo lunar" é composto por uma espécie de névoa circular ao redor da lua.

Segundo Rodolfo Langhi, coordenador e professor do Observatório de Astronomia da Unesp de Bauru, o fenômeno acontece quando há cristais de gelo na atmosfera.

"No lugar das nuvens estão esses cristais de gelo que ficam flutuando na atmosfera e quando a luz da lua, vinda do sol, é refletida por esses cristais, essa luz desvia e o 'halo lunar' é formado."


O professor ainda explica, de forma simplificada, que este fenômeno físico é uma refração da luz e que é parecido quando há a formação de um arco-íris. A diferença é que o 'halo é formado por cristais de gelo e o arco-íris por gotículas de água em estado líquido.

"Em termos simples, a lua está no espaço a 384 mil km de nós, fica bem longe. A luz do sol refletida pela lua atravessa nossa atmosfera, bate nos cristais de gelo, desvia e forma o 'halo lunar'".

Ainda segundo o físico, além do "halo lunar", existe o solar que, assim como o arco-íris, é colorido, mas em formato circular.

"O 'halo' só acontece na presença de um astro grande e luminoso, assim como a lua deste sábado que estava crescente indo para cheia. E, às vezes, com o sol também quando o céu está bem clarinho e sem nuvens. Assim como os dias que tem feito ultimamente. O sol aparece bem brilhante, mas ainda é possível ver um 'halo' ao redor dele, que é causado pelo mesmo motivo, por cristais de gelo."
G1
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM