25 de Setembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Homem que matou e decapitou mulher em Paraguaçu é condenado a quase 17 anos de prisão

O crime ocorreu em setembro de 2017

Nesta quinta-feira, 3 de setembro, foi realizado em Paraguaçu Paulista o júri de Manoel de Oliveira Farias, que em 12 de setembro de 2017, matou e decapitou Elizabeth Alvarenga Rodrigues de 38 anos. Ele foi condenado a 16 anos, 7 meses e 15 dias de prisão, que serão cumpridos onde ele já está preso.

No dia 12 de setembro de 2017, o corpo de Elizabeth foi encontrado na Estrada do Alegre em Paraguaçu Paulista. A cabeça da mulher foi encontrada enrolada em uma peça de roupa jogada em um mata-burro a certa distância do local onde o corpo foi localizado.

O júri de Manoel de Oliveira Farias foi presidido pelo juiz de Direito Tiago Tadeu Santos Coelho, da 1ª Vara Cível do Foro da Comarca de Paraguaçu Paulista, e durou cerca de cinco horas.

De acordo com Junior Baptista, advogado de defesa do réu, seu cliente confessou o crime e considera a pena justa, devido à gravidade do caso.

"Ficamos satisfeitos com o resultado, tanto que meu cliente não irá recorrer; a pena era de 30 anos, mas conseguimos derrubar as qualificadoras, pois a vítima teve condições de defesa; acredito que a justiça foi feita”, concluiu o advogado.

Arquivo AssisCity - Elizabeth Alvarenga Rodrigues, 38 anos
Elizabeth Alvarenga Rodrigues, 38 anos


internet - Manoel de Oliveira Farias, condenado a 16 anos, 7 meses e 15 dias de prisão
Manoel de Oliveira Farias, condenado a 16 anos, 7 meses e 15 dias de prisão

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM