28 de Outubro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Idosa de 74 anos morta pelo filho levou ao menos 10 golpes de martelo na cabeça, diz polícia

De acordo com a polícia, homem de 35 anos ligou para uma tia confessando que havia matado a mãe por ter apanhado, em Araçatuba. Vítima foi achada com lesões no braço e teve descolamento do couro cabeludo devido às agressões.

A idosa de 74 anos que foi morta pelo próprio filho a marteladas, no bairro Nova Iorque, em Araçatuba (SP), foi agredida com pelo menos 10 golpes na cabeça, segundo consta no boletim de ocorrência.

Conforme noticiado pelo TupãCity, o crime foi registrado na quinta-feira (8). Ainda de acordo com o boletim, parentes relataram que o filho mais novo de Alzira Pinto da Silva ligou para uma tia confessando que tinha matado a mãe. A vítima era mãe do vereador Cláudio Henrique da Silva.

O motivo, segundo alegou na ligação, teria sido pelo fato da mãe o ter agredido no domingo (4) depois que ele chegou de um bar sob efeito de drogas e a agressão ter sido postada nas redes sociais. No registro policial não informa quem teria filmado e feito a postagem.

Ainda segundo o boletim, um sobrinho da aposentada foi até a casa dela, arrombou a porta e encontrou a vítima caída no chão. Em cima da cama estava um martelo com sangue e quebrado ao meio.

A perícia da Polícia Civil foi ao local e constatou várias lesões na cabeça da vítima, além de um descolamento do couro cabeludo e lesões nos dois braços.

De acordo com a polícia, o filho é usuário de drogas há um tempo e a família já tentou interná-lo em uma clínica de reabilitação.



Prisão

Nesta sexta-feira (8), ele foi encontrado no interior de um imóvel em um conjunto habitacional depois de equipes avistarem o carro dele. Em seguida, foi levado à delegacia.

O caso foi registrado como homicídio qualificado, com emprego de crueldade, e feminicídio.
G1
+ VEJA TAMBÉM