12 de Maio de 2021
20º/30º
Notícias - Saúde

"A gratificação e a recompensa da profissão chegam quando vemos uma vida sendo salva", diz a enfermeira Leslie Aparecida Bueno dos Santos

Ela fala dos desafios da profissão e do distanciamento da família

A série Heróis da Pandemia de hoje, do Portal AssisCity em parceria com a Santa Casa de Assis, apresenta mais uma heroína da pandemia da instituição, representando seus profissionais da saúde, do Brasil e de todo o mundo, que estão na linha de frente no combate à COVID-19. São eles que arriscam suas vidas, afastam-se de seus familiares, fazem horas e horas de plantões e vibram quando salvam vidas.

A enfermeira formada na FEMA em 2016 Leslie Aparecida Bueno dos Santos, de 26 anos, moradora de Assis, escolheu sua profissão certa de que "a área da saúde era uma profissão interessante e bonita", afinal, "a enfermagem representa amor e dedicação, amor ao próximo e amor no ato de cuidar".

Assim tem sido as horas de trabalho de Leslie na Santa Casa de Assis, e também Home Care. Na Santa Casa com um pouco mais de apreensão, pois "atuar nesse momento de pandemia tem sido desafiador, tanto como profissional, como ser humano. E, o maior desafio é ter saúde mental nesse momento difícil, que infelizmente só vemos piorar".

Divulgação - Leslie Aparecida Bueno dos Santos é enfermeira na Santa Casa de Assis e também Home Care
Leslie Aparecida Bueno dos Santos é enfermeira na Santa Casa de Assis e também Home Care


Leslie, assim como todos os profissionais de saúde relatam, também nunca imaginou "passar por esse momento turbulento em toda minha vida inteira. E tem sido horrível, angustiante e de medo de perder quem amamos. Nosso estado de saúde está instável, precisamos de apoio emocional e psicológico".

Já "a gratificação e a recompensa só chegam quando vemos uma vida sendo salva".

A enfermeira, além de lidar com esse estado emocional que está diretamente ligado à profissão, ainda precisa lidar com a ausência da família: "por amar muito e ter medo de passar algo para eles, tenho mantido distância e não estou indo visita-los".
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM